Geddel diz que prioridade é prevenir novos desastres em Santa Catarina

Luana Lourenço
Da Agência Brasil
Em Brasília

O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, visitou locais atingidos pelos temporais em Florianopólis, capital de Santa Catarina, e disse nesta terça-feira (25) em entrevista coletiva que a prioridade é prevenir novos desastres como os causados por desabamentos e deslizamentos que já provocaram pelo menos 80 mortes em todo o Estado.

O governo estuda a edição de uma medida provisória para garantir a liberação de recursos para assistência aos municípios atingidos.

De acordo com a assessoria do Ministério da Integração Nacional, Geddel afirmou que a prioridade é prestar assistência humanitária às vítimas das enchentes, deslizamentos e desmoronamentos. De acordo com a Defesa Civil de Santa Catarina, mais de 1,5 milhão de pessoas foram afetadas.

Oito municípios catarinenses permanecem isolados: São Bonifácio, Luiz Alves, São João Batista, Rio dos Cedros, Garuva, Pomerode, Itapoá e Benedito Novo.

A Secretaria Nacional de Defesa Civil disponibilizou cerca de 285 toneladas de alimentos, 12 mil unidades de colchões, toalhas, travesseiros e cobertores, e 60 rolos de lona para abrigos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos