Governo anuncia operação "Feliz 2009" para evitar caos nos aeroportos no fim do ano

Piero Locatelli
Do UOL Notícias
Em Brasília

O ministro da Defesa Nelson Jobim anunciou hoje a operação para controlar o alto fluxo da aviação civil no período de férias. Batizado de Feliz 2009, o plano do ministério é ampliar o contingente de funcionários nos maiores aeroportos brasileiros, onde ocorre o maior congestionamento de tráfego aéreo. Jobim citou, entre os aeroportos prioritários da operação, Congonhas e Cumbica em São Paulo, Galeão no Rio de Janeiro, e Confins, em Belo Horizonte.

O reforço no efetivo da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), da Infraero, da Polícia Federal, da Receita Federal e das empresas aéreas deve ocorrer entre os dias 19 de dezembro de 2008 e 7 de janeiro de 2009. Segundo Jobim, não deve haver grandes mudanças em relação ao ano passado. "Já foi muito bom o ano passado, será bem melhor este ano", garantiu o ministro.

Jobim lembrou que, no fim do ano passado, ocorreram atrasos de mais de 30 minutos em 26% dos vôos, e 6,8% do total de vôos foram cancelados. Ele acha esses números satisfatórios. O aumento no efetivo no fim do ano, que o ministro não soube precisar, vai priorizar o acesso a informações e a pontualidade nos aeroportos.

O presidente da TAM, David Barioni Neto, anunciou após a reunião com o ministro que a empresa deve contar com aeronaves adicionais operando no fim do ano. Membros de outras empresas de aviação, da Anac e da Infraero também estiveram presentes na reunião desta tarde no Ministério da Defesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos