Maré pode prejudicar escoamento das águas inundadas em Santa Catarina

Luiz Nunes
Especial para o UOL Notícias
Em Florianópolis (SC)

O escoamento da água dos rios e das ruas inundadas entre o litoral catarinense e o Vale do Itajaí deve depender da maré oceânica. A tendência é que haja aumento do nível com a chegada da lua nova, na quinta-feira (27), o que atrapalharia que as correntes oriundas da chuva alcançassem o mar normalmente.

A explicação é da meteorologista Marilene de Lima, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). Segundo ela, é normal a maré oscilar duas vezes por dia para cima e duas vezes para baixo. Em Itajaí, por exemplo, a maré teve picos mais altos nos últimos dias, e deve alcançar metragens maiores nos próximos dias.

"A maré ficou mais alta nos últimos dias também em razão do que chamamos de maré meteorológica, por causa do vento. Ela atrapalha o escoamento porque, cada vez que está alta, demora mais para o nível do rio ficar maior que o do mar", esclarece.

Para se ter uma idéia, quinta-feira (20) a maré variou entre 20 e 70 centímetros. Domingo, ficou entre 20 e 80 cm. Para esta quarta-feira, a previsão do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) é que a oscilação seja compreendida entre 10 cm e 1 metro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos