Mulheres vão às ruas no dia internacional pela eliminação da violência

Da Agência Brasil
Em Brasília

Mais de 150 países celebram hoje (25) o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra a Mulher. No Rio de Janeiro, a data será lembrada no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, com palestras sobre violência doméstica. Também será apresentado um vídeo com o caso da empregada doméstica Sirley Dias, espancada em 2007 na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade, por cinco jovens.

Em São Paulo, está programada para as 15h ação da Marcha Mundial das Mulheres Contra a Violência. Será às 15h, na Praça Matriarca (oficialmente Patriarca), em frente à prefeitura.

O movimento de mulheres de Pernambuco também vai às ruas. É para reivindicar a implementação da Lei Maria da Penha e a ampliação dos serviços de atendimento às mulheres vítimas de violência.

A Praça da Independência será ocupada durante todo o dia por atividades educativas, uma audiência pública com a participação de gestores e da população e uma caminhada em direção ao Palácio da Justiça. Serão fixadas em um grande varal 245 pipas com os nomes das mulheres assassinadas até o dia 18 deste mês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos