Sem Jirau, preço da energia elétrica vai subir, diz Lobão

Piero Locatelli
Do UOL Notícias
Em Brasília

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje que o preço da energia pode subir se a usina de Jirau, no Rio Madeira, não ficar pronta até 2012.

"Eu não diria que a conta de luz sobe imediatamente, mas terá um abalo. (Se houver o atraso) Haverá um grande prejuízo para o sistema elétrico", disse o ministro hoje no Senado.

Atualmente, a construção da usina em Rondônia está impedida devido a uma liminar da 3ª Vara da Justiça Federal de Rondônia. Ela suspende a decisão do Ibama que permitia a construção da hidrelétrica. Isso atrasa o início das obras pelo menos até metade do primeiro semestre de 2009, o que impediria que a usina ficasse pronta no tempo previsto, em 2012.

Segundo o ministro, não deve faltar energia. Termoelétricas a diesel devem ser colocadas em funcionamento. Isso deve ter um gasto de aproximadamente R$ 4 bilhões, que recairia no consumidor através do aumento do preço da energia.

Regras do pré-sal ficam prontas na semana que vem
Lobão falou que as regras do pré-sal devem ser estabelecidas na semana que vem. A comissão ministerial, formada pelo presidente Lula, deve entregar o parecer ao presidente na semana seguinte à reunião.

"Fecharemos entre nós semana que vem. Nós forneceremos ao presidente alguns modelos alternativos. Tal seja a decisão dele, haverá a necessidade de uma lei do Congresso", disse o ministro.

As decisões da comissão sobre a forma de concessão e os royalties da exploração da camada pré-sal ainda são desconhecidos. Por pedido do presidente Lula, nenhum dos membros dela fala sobre as propostas discutidas nas reuniões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos