Pescado pode entrar no cardápio da merenda escolar a partir de 2009

Da Agência Brasil
Em Brasília

A inclusão do peixe no cardápio da merenda escolar das escolas públicas de todo o país foi uma das principais propostas apresentadas no 4º Encontro Nacional de Alimentação Escolar realizado na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

O encontro promovido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) reuniu cerca de 700 pessoas entre gestores públicos de todos os estados, técnicos do FNDE e de órgãos do governo federal, representantes da comunidade escolar e de organismos internacionais.

A proposta de inclusão do peixe na dieta dos alunos foi apresentada pelo Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição do Escolar da Universidade Federal de Pernambuco (Cecane/UFPE).

Segundo a coordenadora do Cecane/UFPE, Sônia Lucena, o projeto vai enriquecer a alimentação dos estudantes e contribuir para melhoria das condições de trabalho do pescador artesanal.

Segundo a coordenadora, como parte da primeira etapa do processo de inclusão do pescado na alimentação escolar, a partir de 2009, será feita a capacitação de profissionais (pescadores, merendeiras, nutricionistas, conselheiros de alimentação escolar e gestores públicos) em 21 municípios do interior de Pernambuco.

Sônia Lucena revelou que o estado de Pernambuco foi o responsável por fazer a capacitação dos profissionais e identificar os problemas que poderiam ser encontrados dentro da cadeia produtiva do pescador familiar ou artesanal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos