São Paulo espera analisar mais de 100 mil processos na Semana Nacional de Conciliação

Mais de 100 mil processos devem ser levados a audiências de concliação em todo o estado de São Paulo durante a 3ª Semana Nacional de Conciliação, a partir de amanhã (1/12), em todo o Brasil. Em São Paulo, uma cerimônia no Estádio do Pacaembu, com a presença do presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Gilmar Mendes, marcará o início dos trabalhos a partir do meio-dia.

A Semana Nacional de Conciliação é coordenada pelo CNJ e tem o objetivo, segundo o órgão, de "estimular a prática de acordos, por meio da transação assistida entre as partes, tanto na fase processual como no estágio pré-processual do litígio para desafogar o Poder Judiciário".

O evento já é realizado há três anos, mas esta será a primeira vez que o mutirão fará audiência envolvendo ações da Previdência Social, tais como benefício assistencial (Loas), auxílio-doença e aposentadorias. Segundo o CNJ, no ano passado foram realizadas 227.564 mil audiências em todo o Brasil, o que resultou em 96.492 acordos.

Em São Paulo, o Tribunal de Justiça (TJ-SP) estima que serão realizadas 21 mil audiências de conciliação, enquanto que o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF) espera buscar conciliação em 20 mil processos. Além disso, o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT) estima a realização de audiências de conciliação de 60 mil processos.

Os cinco dias do mutirão de audiências, em São Paulo, serão realizados no Estádio do Pacaembu, das 10 às 17 horas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos