Após reunião, trabalhadores rurais desocupam Secretaria de Justiça em São Paulo

Do UOL Notícias
Em São Paulo (SP)

Atualizada às 18h56

Durante a manhã e a tarde desta terça-feira (2), 200 trabalhadores rurais ocuparam a sede da Secretaria de Justiça de São Paulo, no centro da cidade, para reivindicar o assentamento de 80 famílias da comunidade Lírio dos Vales, localizada em Franco da Rocha (SP). Eles também protestaram contra uma ordem despejo.

Os trabalhadores saíram do local após uma reunião com representantes da Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp). A coordenadora do movimento, Rosely Maria Paini, disse que os sem-terra "vão continuar negociando".

Sem-teto desocupam terreno em Embu das Artes (SP)

Cerca de 400 sem-teto que há três meses ocupavam um terreno particular, no bairro de Nossa Senhora de Fátima, no município de Embu das Artes, na Grande São Paulo, estão deixando o local aos poucos desde as primeiras horas da manhã de hoje (2), quando receberam intimação judicial.


Nesta semana, os agricultores que vivem e plantam no terreno ocupado há mais de 40 anos receberam uma ordem de despejo, marcada para ser cumprida hoje. A área é propriedade do Estado de São Paulo, mas o movimento alega que ao longo de todas essas décadas ela nunca foi utilizada.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros da região planejam a construção de uma escola para treinamento no terreno onde moram e trabalham as famílias. A área de 88 hectares já foi reivindicada anteriormente pela Secretaria de Saúde, nos anos 80, depois pela Secretaria do Meio Ambiente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos