Enchente afeta 10 mil pessoas em Campos (RJ) e governo acena com ajuda de R$ 40 milhões

Vladimir Platonow
Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro (RJ)

O governo federal vai liberar entre R$ 30 milhões e R$ 40 milhões para obras emergenciais contra enchentes no município de Campos, no norte fluminense. Já são 10 mil pessoas prejudicadas pelas chuvas, sendo 7.300 desalojados (em casa de parentes e amigos) e 2.713 desabrigados (recolhidos a abrigos), segundo o governo do Estado.

A promessa de recursos teria sido feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em resposta a um pedido do governador Sérgio Cabral, segundo relatou a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos.

Ela esteve hoje (2) em Campos, vistoriando as áreas mais afetadas pela inundação. Apesar das águas começarem a baixar, ainda existe preocupação com novas chuvas, segundo Marilene.

"A maior angústia é a possibilidade da continuidade das chuvas e a ocorrência de mais alagamentos. Para evitar isso, nós precisamos entrar com ações emergenciais de combate à enchente. Para isso, o governador Sérgio Cabral pediu hoje ao presidente Lula R$ 160 milhões e o governo federal vai liberar R$ 30 milhões a R$ 40 milhões para as intervenções emergenciais", disse.

A secretária do Ambiente sobrevoou Campos juntamente com a primeira-dama do Estado, Adriana Ancelmo Cabral. Marilene Ramos responsabilizou os danos causados ao meio ambiente pelo próprio homem como parte das causas das inundações na região. Ela apontou entre esses danos as construções irregulares de residências em locais impróprios, sujeitos a desmoronamentos e enchentes.

Até o fechamento desta reportagem, o governo federal não havia confirmado o valor total dos recursos destinados ao município de Campos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos