Ministro afirma que obras no porto de Itajaí terão início semana que vem

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

O ministro dos Portos, Pedro Brito, esteve na tarde desta terça-feira (2) no porto de Itajaí, em Santa Catarina, para avaliar os estragos provocados pelas chuvas e determinou que até esta sexta-feira sejam realizados os levantamentos de preços para iniciar as obras de reconstrução do porto, segundo nota da Defesa Civil. "Pretendo retornar a Santa Catarina já na próxima semana para assinar a ordem de serviço para o início das obras", disse o ministro.

Segundo a Secretaria Especial de Portos, os R$ 350 milhões já destinados às obras de recuperação do local, liberados por medida provisória, já estão no orçamento da secretaria.

Até o momento são 116 mortes e 31 pessoas desaparecidas devido às chuvas em Santa Catarina. O número de moradores desabrigados e desalojados está em 68.927. Entre os municípios afetados, 51 estão em situação de emergência e 14 em estado de calamidade pública.

O Ministério do Desenvolvimento estimou em US$ 370 milhões as perdas em novembro com os embarques não realizados nos principais portos de Santa Catarina - Itajaí e Navegantes.

Os deslizamentos de terra devido às chuvas alteraram a profundidade do canal do rio Itajaí, impedindo a entrada de navios de grande porte no porto. A profundidade média do canal do rio passou de 11,5 metros para 5,5 metros.

O vice-governador do Estado, Leonel Pavan, ressaltou durante a visita do ministro a importância da cooperação entre governo municipal, estadual e federal. "Esta postura está permitindo que sejam tomadas decisões rápidas para normalizar as atividades do porto, o que demanda urgência já que 21% do PIB catarinense passa pelas atividades do porto", afirmou.

O superintendente do porto de Itajaí, Arnaldo Schmidt, informou que uma comissão foi formada para orientação, acompanhamento e fiscalização das obras. O decreto foi assinado durante a visita do ministro a Santa Catarina.

Relembre as principais tragédias climáticas que atingiram Santa Catarina



*Com informações da Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos