Corregedoria da AGU demite procurador da Fazenda acusado de corrupção

Da Agência JB

O Advogado-Geral da União, José Antonio Dias Toffoli, demitiu do cargo de procurador da Fazenda Nacional Josias Ferreira Cavalcante, acusado de "atos desonestos" apurados em processo administrativo disciplinar aberto pela Corregedoria-Geral da AGU.

A portaria foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (9), Dia Internacional de Combate à Corrupção. De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, as investigações da Corregedoria concluíram, em face da "consistência das provas", que o funcionário se valeu do cargo para tirar proveito pessoal, em detrimento da função publica, cometeu atos de improbidade administrativa e exerceu a advocacia fora das atribuições institucionais.

Ficou comprovado que o servidor deixou de cumprir sua função de contestar uma ação com a intenção de favorecer determinada empresa; recebeu dinheiro e vantagens em troca de serviços ilícitos oferecidos em razão do cargo; perdeu prazos judiciais em dezenas de processos de interesse da Fazenda Nacional, e exerceu advocacia privada. Trata-se do quarto procurador da Fazenda Nacional demitido pelo atual advogado-geral da União.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos