Paes anuncia secretários do Trabalho e da Pessoa com Deficiência

Do UOL Notícias*
No Rio de Janeiro (RJ)

O prefeito eleito do Rio, Eduardo Paes, anunciou nesta terça-feira (09), na Fundação Getúlio Vargas, em Botafogo, mais dois secretários para compor sua futura gestão. O pedetista Augusto Ribeiro ocupará a Secretaria de Emprego e Trabalho, enquanto o vereador Márcio Pacheco (PSC) assumirá a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência.

Segundo Paes, os dois nomes têm perfil técnico. O prefeito eleito disse que as pessoas com deficiência, que representam 15% da população do Rio de Janeiro, necessitam maior atenção. "Esse é um drama da cidade que deve ser tratado com a devida importância, sobretudo nas regiões mais pobres. Muitas vezes os pais precisam sair pra trabalhar e não têm com quem deixar seus filhos com deficiência", disse Paes.

ONG faz manifestação contra a violência em Copacabana

Quem passou pela orla de Copacabana hoje (9) pôde ver manequins representando corpos de pessoas enterradas em valas clandestinas e envolvidas por pneus, lembrando as vítimas incineradas vivas pelo tráfico no Rio de Janeiro


Para o futuro prefeito, a principal missão da Secretaria de Trabalho será criar oportunidades para os jovens das áreas mais carentes. "Esta parcela da população não tem perspectiva. Precisamos investir em oportunidades de emprego, trabalho e qualificação profissional para a juventude, que está sem esperanças com relação ao futuro".

Augusto Lopes de Almeida Ribeiro, 39 anos, membro do PDT, é bacharel em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) e bacharel em Direito pela Universidade Candido Mendes. Atualmente exerce o cargo de coordenador-geral de Empreendedorismo Juvenil do Departamento de Políticas de Trabalho e Emprego para a Juventude do Ministério do Trabalho.

"Augusto é um quadro técnico do PDT que hoje ocupa uma função importante no Ministério do Trabalho", avaliou Paes. "Quero enfatizar que o trabalho foi um compromisso importante que assumi durante a campanha. Não é à toa a ligação do novo secretário com o Ministério do Trabalho. Entendo que a integração com outros níveis de governo é importante do ponto de vista dos recursos", afirmou o prefeito eleito.

Já Márcio Pacheco, 33 anos, membro do PSC, é advogado formado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), especializado em Defesa do Consumidor. Ele foi reeleito vereador e preside, há quatro anos, a Comissão Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Paes pediu que o novo aliado também priorize as áreas carentes.

"Vou fazer um censo para identificar o número de deficientes da cidade", adiantou Pacheco. "E pretendo ampliar o atendimento nos três centros de reabilitação da prefeitura, em Campo Grande, Vila Isabel e no Centro", completou.

Paes visita às 13h, junto com o governador Sérgio Cabral, o Morro Dona Marta, em Botafogo. Os dois vão acompanhar como anda a ocupação da comunidade pela Polícia Militar. No final da tarde, às 17h, o prefeito eleito participa de uma reunião na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Outros Secretários
Na semana passada, Paes anunciou a economista Eduarda La Rocque para a Secretaria da Fazenda. Antes já havia nomeado a filha de Roberto Jefferson, Cristiane Brasil (PTB) para Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, pasta criada por ele.

O vereador Luiz Antônio Guaraná será o novo secretário de Obras do município. A pasta de Urbanismo ficará sob gestão do engenheiro Sérgio Moreira Dias.

O PT ficou com duas secretarias: o deputado federal Jorge Bittar vai dirigir a Secretaria de Habitação, enquanto o diretor da Escola de Formação Política da Alerj, Marcelo Henrique da Costa, administrará a Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Paulo Jobim Filho coordenará a Secretaria de Administração da cidade, já o médico Fernando William Ferreira será o novo gestor da Secretaria de Assistência Social.

Para a Educação, quem assumirá será a paulista Cláudia Costin, enquanto Jandira Feghali (PC do B) ocupará a secretaria de Cultura.

Eduardo Paes já havia confirmado também que o vice-prefeito, Carlos Alberto Muniz, controlará a gestão da secretaria do Meio-Ambiente. Muniz já esteve à frente, entre 1987 e 1990, da Feema (Fundação Estadual de Engenharia do Meio-Ambiente) e comandou a Serla (Superintendência Estadual de Rios e Lagoas).

Além dele, o novo prefeito do Rio já tinha confirmado também a criação da Secretaria Especial para a Copa do Mundo (2014) e dos Jogos Olímpicos de 2016, que será dirigida por Ruy César Miranda Reis.

O primeiro nome escolhido por Paes foi o do deputado estadual Pedro Paulo (PSDB) para chefiar a Casa Civil. Em seguida, anunciou o diretor do Instituto Nacional de Cardiologia, Hanns Dohmann, para a Secretaria de Saúde.

Rodrigo Bethlem foi nomeado para dirigir a Secretaria da Ordem Pública. O secretário de Transportes será o engenheiro da CET-Rio Alexandre Sansão Fontes.

Paes nomeou ainda o advogado Fernando dos Santos Dionísio para a Procuradoria Geral do Município.

*Com informações da Agência JB

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos