Relatório da CPI das Milícias será votado nesta terça-feira no Rio de Janeiro

Do UOL Notícias
No Rio de Janeiro (RJ)

Os deputados da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro decidem nesta terça-feira (16), a partir de 16h30, se aprovam ou não o relatório da CPI das Milícias que indiciou 226 pessoas no dia 14 de novembro.

Pelo menos 36 deputados devem estar no plenário para que a votação seja realizada e, caso a maioria simples vote pela a aprovação, o documento será encaminhado ao governo do Estado, Prefeitura do Rio de Janeiro, Secretaria Estadual de Segurança Pública, Câmara Municipal, Ministério Público, Polícia Federal, Tribunal Eleitoral, entre outros órgãos.

OCUPAÇÃO POLICIAL NO RIO RECEBE REFORÇOS

Um efetivo de 120 recrutas vai reforçar a ocupação da Polícia Militar no morro Dona Marta, zona sul do Rio. A PM está no local desde o dia 20 de novembro.



Entre os indiciados por envolvimento com grupos milicianos estão: o deputado estadual Natalino José Guimarães (sem partido), o vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho (PMDB), o vereador Josinaldo Francisco da Cruz, o Nadinho de Rio das Pedras (DEM), o vereador André Ferreira da Silva, o Deco (PR), além dos vereadores eleitos Carmen Glória Venâncio Guimarães, a Carminha Jerominho (PT do B), e Cristiano Girão (PMN). Também foi indiciado o ex-deputado estadual e ex-chefe de Polícia Civil do Rio Álvaro Lins.

O relatório do deputado estadual Gilberto Palmares (PT) foi aprovado por unanimidade pelos integrantes da CPI, em sessão fechada. A conclusão aponta a existência de milícias em 171 áreas do Estado, sendo 118 na capital fluminense

Entre as principais propostas do relatório estão a criação de uma Câmara de Repressão ao Crime Organizado; a implementação legal e efetiva de plano de carreira e melhores salários dos policiais e demais profissionais de segurança pública; criação de conselhos éticos nas Câmaras de Vereadores; desarmamento/desmilitarização do Corpo de Bombeiros; aprovação da tipificação legal do crime de "milícia" e criação do crime de "curral eleitoral"; controle e fiscalização dos centros sociais/comunitários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos