Chuvas no Rio: Secretaria diz que sabotagem impediu explosão de dique irregular em Campos

Da Redação
No Rio de Janeiro

Uma sabotagem nos equipamentos da Serla (Superintendência Estadual de Rios e Lagoas) impediu a explosão de um dique irregular, em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense. Segundo a Secretaria Estadual do Ambiente, os equipamentos foram sabotados para impedir a realização do trabalho permitido por uma determinação judicial.

A explosão do dique permitiria a recuperação de uma área de 1.500 hectares da Lagoa Feia, que sofreu com as chuvas dos últimos dias no município. O caso será analisado por técnicos da Serla e foi levado ao conhecimento do promotor Marcelo Lessa, do Ministério Público de Campos. Muitos diques são construídos de forma irregular por proprietários de terra da região e, com as chuvas, podem se romper.

A secretária estadual de Ambiente, Marilene Ramos, sobrevoou neste sábado (20) cidades do norte e noroeste fluminense, regiões mais afetadas com os temporais, para estudar providências sobre explosões de diques em Campos e acompanhar os problemas do rio Paraíba do Sul, que sofreu com o vazamento de oito mil litros de Endosulfan - um produto tóxico.

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi ao município de Itaperuna para um encontro com prefeitos do norte e noroeste do Estado a fim de estudar medidas emergenciais por conta das chuvas na região.

Segundo levantamento da Coordenação da Defesa Civil do Estado, o número de desabrigados e desalojados subiu de 2.657 para 32.191 nos últimos três dias. Os temporais já afetaram mais de 59.772 mil pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos