Número de municípios em estado de emergência em MG devido às chuvas sobe para 49

Rayder Bragon
Especial para o UOL
Em Belo Horizonte

Apesar de os temporais dos últimos dias terem arrefecido pelo menos há 48 horas, o número de cidades de Minas Gerais que decretaram situação de emergência passou de 43 para 49, de um total de 91 cidades que relataram danos sofridos com os temporais.

Fazem parte agora da lista os municípios de Patrocínio do Muriaé, Divinópolis, Piranga, Rio Casca, Raul Soares e Tumiritinga. Segundo a Defesa Civil do Estado, 13 pessoas morreram desde setembro, início da temporada de chuvas em Minas.

Ainda de acordo com o órgão, 289 pessoas se feriram em decorrência de eventos relacionados às chuvas, 4.631 estão desabrigadas e 27.832 estão desalojadas, ou seja, estão em casa de parentes ou vizinhos.

As casas destruídas pelos temporais chegam a 179 e as danificadas somam 13.987, além de 30 pontes destruídas.

O tenente-coronel Alexandre Lucas, responsável pela defesa civil do estado, faz um alerta para as pessoas que estão sob risco iminente provocados pelas chuvas.

"O nosso apelo é que a comunidade adote comportamento de prevenção. Não se apavorem com as cenas dos rios, com as corredeiras dos rios, com as inundações, de tal forma que tenham paciência e aguardem os rios baixarem nas suas calhas para voltarem às suas casas", disse.

Para ele, muitas mortes poderiam ter sido evitadas se as vítimas não tivessem tentando atravessar corredeiras ou áreas alagadas.

"Sobretudo, é necessário muita paciência. Esse período é de aguardar as águas baixarem para que a normalidade seja estabelecida", avaliou.

Lucas ainda fez apelo às prefeituras para que sejam implantados programas de treinamento voltado à população, principalmente às ribeirinhas (que constroem casas às margens dos rios), para que a retirada em caso de emergência seja feita de maneira eficiente.

"É necessário que cada cidade tenha o seu sistema de alerta e alarme. Que a comunidade seja treinada para conviver com a área de risco e, à medida que os níveis de alerta forem sendo emitidos, a população esteja treinada para sair de suas casas antes que aconteçam os problemas", explicou.

Um nova frente se aproxima do Estado e pode causar mais temporais a partir do dia 26 deste mês nas regiões Sul, Oeste, parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte e no Triângulo Mineiro, segundo informou o meteorologista Ruibran dos Reis, do instituto MG Tempo/ Cemig/ PUC Minas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos