Vôos da Gol continuam registrando atraso na manhã desta terça-feira

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizado às 10h47

Após três dias de atrasos nos principais aeroportos do país, a companhia aérea Gol Linhas Aéreas continua sendo responsável pela maioria dos vôos atrasados na manhã desta terça-feira (23). Segundo o último boletim divulgado pela Infraero (estatal que administra os aeroportos no país), com balanço das 0h às 10h, do total de 124 atrasos de mais de meia hora no país, mais da metade (67) eram da Gol. Considerando apenas os vôos da empresa, 35,1% deles apresentavam atraso. Entre as outras grandes empresas, TAM responde por 18 atrasos e Varig por 19. No total, os aeroportos do país apresentam 19,6% de atrasos, ou 124 de 633 programados.

Gol diz que já resolveu problemas que causaram atrasos em vôos

Empresa apontada como a responsável por mais da metade dos atrasos com mais de meia hora nos vôos pelo país, a companhia aérea Gol informou por meio de nota na tarde desta segunda-feira que resolveu os problemas que causaram os atrasos


Desde sábado, a Gol registra atrasos em seus vôos. Em nota ontem, a empresa afirmou que os problemas surgidos no fim de semana - como falha de conexão e pane em esteiras de bagagem - já haviam sido "completamente solucionados". Para combater os atrasos ontem, a Gol informou que dobrou o número de aeronaves reserva nos aeroportos internacionais Tom Jobim, no Rio, e de Guarulhos, em São Paulo. A força de trabalho teria sido ampliada para atender ao aumento de passageiros no período de festas.

Em nota divulgada na noite de domingo, a Infraero informou que as condições climáticas e o número reduzido de trabalhadores da Gol eram alguns dos problemas que geravam atrasos nos vôos em todo o país. Ontem, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, culpou os despachos da empresa pela série de atrasos nos aeroportos brasileiros.

A assessoria de imprensa da Gol ainda não divulgou nenhuma nota a respeito dos atrasos desta terça.

Aeroportos
O aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande SP), voltou a registrar problemas e até as 10h tinha 31,3% de atrasos. O Galeão, no Rio de Janeiro, apresenta 33,3% de atrasos. No aeroporto de Brasília a situação é melhor, com 10% de vôos atrasados, e no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, são apenas 7,7% de atrasos, mas cinco vôos foram cancelados.

Os dois aeroportos de São Paulo operaram com auxílio de instrumentos na manhã de hoje por causa da má visibilidade. O dia amanheceu sob forte nevoeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos