Gol poderá ser multada em até R$ 200 mil por causa de atrasos em vôos, confirma Anac

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Atualizada às 19h29

A companhia aérea Gol poderá ser punida com multa de até R$ 200 mil por conta dos atrasos em vôos neste fim de ano. A informação foi divulgada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) após uma reunião com a empresa na tarde desta sexta-feira (26).

Situação dos aeroportos

Após dois dias com atrasos em patamares mais baixos do que aqueles verificados desde o último sábado (21), a Gol atingiu índice acima de 40% de atrasos novamente nesta sexta-feira


De acordo com a diretora-presidente do órgão, Solange Vieira, no próximo dia 4 um relatório apontará as infrações cometidas pela empresa. "Nossa operação especial de fim de ano começou no dia 19 de dezembro e vai até o dia 4 de janeiro quando vamos produzir relatórios de auto de infração contra todas as companhias que tiveram problemas", disse Solange.

"Certamente, a Gol tem apresentado desvios em relação à média de atrasos de outras companhias e nós temos identificado mais problemas nessa companhia", afirmou.

Após a reunião, a Gol afirmou em nota que "se comprometeu a atender a todas as solicitações feitas pela agência reguladora". Entre elas estão, a curto prazo, a ocupação de todas as posições de check in no terminal 2 do aeroporto do Galeão (Antonio Carlos Jobim), no Rio de Janeiro, e o reforço no atendimento aos passageiros nos horários de pico nos principais aeroportos do país - além do Galeão (RJ), Cumbica (SP) e JK, em Brasília (DF).

Ainda de acordo com a nota, a empresa afirma ter relatado à Anac "os problemas com seu sistema de operações nos dias 20 e 21 de dezembro e com o mau tempo na segunda-feira e na manhã de terça que acarretaram atrasos em alguns vôos da companhia nos últimos dias". A Gol afirma ainda que "reforçará ainda mais o atendimento nos próximos dias que antecedem o Ano Novo, quando o movimento deverá ser mais intenso".

Além do aumento previsto de cerca de 12% dos funcionários para o fim do ano, continua a nota, a Gol "passou a ocupar mais posições de check in nos principais aeroportos do país - Guarulhos, em São Paulo, Galeão-Antônio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro, e JK, em Brasília. Além disso, decidiu reforçar ainda mais suas operações fazendo remanejamento de funcionários para estes três principais aeroportos".

A nota da empresa lembra ainda do aumento no número de aeronaves-reserva - de duas para quatro - nos aeroportos internacionais de Guarulhos, em São Paulo, e Galeão, no Rio, "com a finalidade de manter a regularidade da operação".

A empresa ressalta que "apesar dos índices gerais de atraso registrarem estatisticamente médias altas ao longo do dia, a situação nos aeroportos está sob controle e não há caos aéreo".

*Com informações da Agência Brasil

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos