Duas crianças morrem soterradas em Minas; chuvas já deixaram 15 mortos no Estado

Rayder Bragon
Especial para o UOL
Em Belo Horizonte

Duas crianças morreram soterradas em Muriaé, Região da Zona da Mata de Minas Gerais, na noite desta sexta-feira (26), após o barracão em que estavam ter sido atingido por deslizamento de terra. Ao todo, 15 pessoas já morreram e 294 ficaram feridas no Estado em razão dos temporais, que se iniciaram em setembro deste ano.

Segundo o Corpo de Bombeiros, morreram Carlos Alberto de Souza, 2 anos, e Lorran Aparecido de Souza, 5 anos. O acidente ocorreu no bairro Aeroporto. Os pais das crianças e uma menina de 7 anos foram retirados com ferimentos dos escombros e levados ao hospital São Paulo.

A previsão de chuvas fortes em quase todas as regiões do Estado eleva o risco de novos deslizamentos de encostas por causa da saturação do solo, que ainda não absorveu o excesso de água de chuvas da semana passada.

De acordo com a Defesa Civil do Estado, há 5.994 pessoas desabrigadas e 56.668 desalojadas - ou seja, foram para casa de parentes ou vizinhos - por causa das chuvas. O órgão informa que 289 casas e 32 pontes foram destruídas, além de 20.783 residências terem apresentado danos.

A situação em Muriaé é de extrema preocupação por parte da Defesa Civil do Estado por causa de a cidade ser cortada pelos rios Muriáe, Preto e Glória, que podem voltar a inundar a cidade, já bastante castigada pelos temporais da semana passada.

A chefia da Defesa Civil do Estado está em Ponte Nova, também na Região da Zona da Mata, que deverá receber neste sábado (27) a visita do governador de Minas, Aécio Neves (PSDB). O município, assim como Muriaé, foi um dos mais afetados pelas chuvas, que se intensificaram no dia 12 deste mês.

Segundo o meteorologista Ruibran dos Reis, do instituto MG Tempo/Cemig/PUC Minas, choveu até o momento 200% a mais que o esperado para a época em Ponte Nova.

Em comunicado, o órgão faz alerta para a possibilidade do aumento de temporais no Estado. "O volume de chuva tende a ser significativo em todo o estado e poderá causar transtornos à população, uma vez que há risco de alagamentos e deslizamentos de encostas", diz o aviso.

As chuvas voltaram com mais intensidade na noite desta sexta-feira e atingem diversas regiões do Estado, inclusive a Região Metropolitana de Belo Horizonte. A previsão é que os temporais continuem até a segunda-feira (29).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos