Sobe para 9 total de mortes em acidente com ônibus em MG, dizem bombeiros

Rayder Bragon
Especial para o UOL Notícias
Em Belo Horizonte (MG)

(Texto atualizado às 17h37)

O coronel Hermes Antônio Pereira, comandante do Estado-Maior Emergencial do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, afirmou que nove corpos foram encontrados após acidente com o ônibus da Itapemirim na Zona da Mata de Minas Gerais. O coronel, que havia divulgado pouco antes das 17h que o total de mortos era 19, retificou a informação por volta das 17h30. Seis pessoas continuam desaparecidas.

Por volta das 23h30 desta segunda-feira (29), o veículo despencou em uma ribanceira de 80 metros na BR-116, km 790, próximo à cidade de Além Paraíba, e caiu no córrego Angu. A Polícia Rodoviária suspeita que o motorista tenha perdido o controle do veículo.

  • Arte UOL

    O ônibus saiu de Iúna/ES, às 15h30 de segunda-feira, com destino à cidade de São Paulo. A previsão era de que chegasse às 8h de hoje

O ônibus saiu de Iúna/ES, às 15h30, com destino à cidade de São Paulo. A previsão era de que chegasse às 8h de hoje.

O número de mortes pode ser ainda maior, segundo os bombeiros. "Nós não temos a relação das pessoas que estavam dentro do ônibus. Nós estamos fazendo contato com a empresa, estamos tendo dificuldades para que ela nos informe exatamente quantas pessoas estavam no ônibus", disse Pereira.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal) havia pelo menos 34 pessoas a bordo. Segundo a PRF, 23 passageiros foram resgatados e levados para hospitais da região e entre 5 e 10 estão desaparecidos. A Itapemirim confirma somente três mortos e informa que os desaparecidos são 10.

O Corpo de Bombeiros, que realiza o resgate das vítimas, não confirma a quantidade de passageiros que estavam no ônibus porque há relatos de testemunhas de que havia pelo menos seis crianças de colo a bordo e esses passageiros não estariam contabilizados pela empresa, uma vez que não são emitidos bilhetes para crianças com menos de cinco anos.

Ainda segundo a PRF, um guindaste ainda não conseguiu realizar o trabalho de içamento do veículo. O ônibus está praticamente submerso, com as rodas para cima. Em razão das chuvas, a cheia do local dificulta o trabalho de resgate.

O acidente
O acidente ocorreu em uma curva em declive e chovia na região. Uma equipe de bombeiros da cidade de Carmo (RJ) fez o primeiro atendimento aos feridos, que foram encaminhadas a hospitais de Leopoldina e Além Paraíba. As buscas estão sendo feitas com o auxílio de barcos e equipamentos de mergulho.

Parentes das vítimas podem obter informações sobre o acidente pelos telefones 0800 723 21 21 e (0xx11) 2146-8451, linhas colocadas à disposição pela Itapemirim.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos