Eduardo Paes acaba com a aprovação automática na rede de ensino no Rio

da Agência JB

O prefeito Eduardo Paes cumpriu a promessa de campanha de acabar com a aprovação automática na rede municipal de ensino do Rio de Janeiro como seu primeiro ato de governo. O decreto 28.878, de 17/12/2007, foi revogado nesta quinta-feira conforme o Diário Oficial do Município. Caberá à Secretaria Municipal de Educação a elaboração do novo sistema de educação pública, que deverá ser enviado ao prefeito no prazo máximo de 15 dias.

Segundo a publicação, o sistema de aprovação automática foi considerado inadequado por ser importante a existência de um sistema de avaliação do rendimento escolar dos alunos. A medida é apontada como essencial para o resgate da qualidade do ensino público do município.

Também em seu primeiro dia como prefeito do Rio, Paes lançou decreto instaurando auditoria e suspendendo a execução dos contratos e pagamentos referentes à Cidade da Música. No texto, publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial do Município, Paes afirma que mesmo os pagamentos devidos por serviços e fornecimentos já efetuados estão suspensos, até a verificação da regularidade dos contratos. O decreto entra em vigor nesta quinta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos