Chuva já matou 23 pessoas em Minas Gerais

Rayder Bragon
Especial para o UOL
Em Belo Horizonte

Com o resgate de mais uma vítima, o número de mortes pelas chuvas em Minas Gerais chegou a 23 neste sábado. O corpo de Maria do Rosário Ferreira, 42, foi encontrado no bairro General Carneiro, na cidade de Sabará, a mais de 20 km do local onde ele havia desaparecido.

A funcionária pública estava desaparecida desde a noite do Réveillon, quando um temporal atingiu a região oeste de Belo Horizonte e o bairro Barreiro. O corpo foi reconhecido por parentes, segundo o IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte.

Segundo o Corpo de Bombeiros, Maria do Rosário foi arrastada pela enxurrada na avenida Tereza Cristina e caiu dentro do rio Arrudas. Um homem ainda não identificado, que também foi arrastado pelas águas, continua desaparecido.

O temporal fez estragos em casas do entorno da av. Tereza Cristina, um dos locais mais atingidos, e desalojou aproximadamente 316 famílias, segundo dados atualizados da Prefeitura de Belo Horizonte.

Bombeiros encontraram no início da tarde deste sábado, na mesma região de Sabará, o corpo de um homem que pode ser o que estava desaparecido desde a noite do Ano Novo. Segundo testemunhas, um homem havia caído no rio Arrudas, coincidentemente na mesma avenida na qual Maria do Rosário Ferreira também tinha sido arrastada pela enxurrada.

O corpo foi encontrado nu e, posteriormente, encaminhado ao IML de Belo Horizonte.

Começam neste sábado (3) as sondagens para recuperação de trecho da avenida que foi interditado por causa da destruição do asfalto. As obras no local devem demorar 30 dias, segundo informou a prefeitura.

Prejuízos e momentos de pânico

Nesta sexta-feira o prefeito Marcio Lacerda (PSB) determinou que fosse elaborado documento com pedido ao governo federal para a liberação do FTGS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para as pessoas afetadas pela chuva.

O anúncio da ajuda da prefeitura deve trazer alento para as famílias da região que perderam móveis, utensílios e eletrodomésticos.

Para o artista plástico Oldack Duarte Filho, o momento exige mais rapidez das autoridades. Ele mora em uma das áreas mais atingidas no entorno da avenida.

"Precisamos de água mineral e a limpeza urgente de todo esse lixo. A prefeitura está dando assistência, mas ela deveria ser mais rápida", disse.

Chorando muito, ele relembra a noite do temporal e os prejuízos que teve. "Perdi tudo o que eu suei oito anos para conseguir. Para você ter uma ideia, tem lama dentro da caneta BIC. Então você imagina o que foi essa noite de horror. Eu fiquei com água até na altura do meu peito. A gente tem de ser indenizado de alguma forma", contou Duarte Filho, que disse ter tido prejuízo da ordem de R$ 10 mil.

Segundo ele, a solidariedade de comerciantes e populares amenizou os primeiros momentos após a passagem da chuva.

"Um pessoal de uma churrascaria trouxe para a gente muita coisa, eles serviram para nós desde o café-da-manhã até o almoço e trouxeram cestas básicas. Devemos muito a eles. E também às pessoas que vieram aqui nos ajudar", relembrou.

Caminhões e tratores da prefeitura fazem a desobstrução de vias e calçadas e equipes da SLU (Superintendência de Limpeza Urbana) retiram entulhos e o lixo acumulado nas calçadas.

Chuvas no Estado

A cidade de Montes Claros, na região norte de Minas, foi atingida por fortes chuvas na tarde de sexta-feira. De acordo com o Corpo de Bombeiros, casas de bairros do município foram inundadas. Uma moradia desabou e várias árvores caíram sobre as residências, carros e ainda bloquearam o trânsito.

Ao todo, a Defesa Civil do Estado informa que 56 municípios decretaram situação de emergência e 5.995 pessoas estão desabrigadas e 56.668 desalojadas. O órgão ainda contabiliza 289 casas destruídas e 20.783 danificadas.

* atualizada às 12h57

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos