Federação de Hotéis prevê baixa na ocupação em SC, se chuva persistir

Luiz Nunes
Especial para o UOL Notícias
Em Florianópolis (SC)

O excesso de chuva no fim de semana e o fechamento da BR-101 devem causar baixa nos números do setor do turismo em Santa Catarina, se o tempo não melhorar. O bloqueio na rodovia deve durar pelo menos mais três dias e impede a chegada por terra de gaúchos, uruguaios e argentinos, que correspondem a 60% do total de visitantes.

Para o governo do Estado, a estimativa segue inalterada, já que não houve cancelamentos de voos charter e aumentou o número de ônibus vindos da Argentina, Uruguai e Chile.

Sobe para dez o número de municípios em emergência

No total, 18 foram afetados pela chuva forte no fim de semana. O número de desabrigados ou desalojados também cresceu, passando de 2.200



Já a Federação dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Estado deve fazer um levantamento mais apurado a partir desta terça-feira (6). A expectativa é negativa, se o tempo não cooperar, segundo o presidente da entidade, Estanislau Bresolin. "Estávamos prevendo ocupação de 90 a 95% de toda a rede hoteleira do Estado no feriadão do Ano Novo, mas muita gente foi embora antes", lamenta.

Para os empresários do setor, a salvação está no aparecimento do sol nos próximos dias. Em 2008, 77% das vagas em hotéis e hospedagens de Santa Catarina foram preenchidas, durante o mês de janeiro. "Se o tempo for bom, não tenho dúvida de que os números serão maiores este ano", estima Bresolin, lembrando que o setor trabalha com uma margem alternativa de "turista de balcão" - visitante que não faz reserva e que define o quanto durará a estadia a partir da condição do tempo.

Para o órgão especializado em turismo do governo do Estado, a torcida pelo sol é a mesma. No entanto, não se pode fazer estimativa negativa, segundo o presidente da Santa Catarina Turismo (Santur), Valdir Walendowsky. "Há que se ver os números: os 250 voos charter oriundos da Argentina, programados para janeiro, estão confirmados", tranquiliza-se.

Também não houve cancelamentos de reservas de ônibus. Neste mês, a empresa Pluma - que faz transporte da Argentina ao Brasil - aumentou de dois para oito o número de veículos com destino a Florianópolis, aos fins de semana. Na Flecha Bus, a disponibilidade saltou de três para 17 ônibus.

A única previsão que Walendowsky busca destacar é a do tempo: o sol deve brilhar em todo o litoral de Santa Catarina pelo menos até sexta-feira, segundo a Epagri/Ciram - órgão estadual responsável por medir as condições meteorológicas.

BNDES anuncia medidas de apoio a Santa Catarina

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou hoje medidas de apoio ao governo de Santa Catarina e às empresas localizadas nos municípios catarinenses que declararam estado de calamidade pública ou situação de emergência por causa das enchentes em SC



Em relação ao tráfego, o presidente da Santur aponta que não é possível estimar quantos turistas deixarão de vir a Santa Catarina por causa do bloqueio parcial da BR-101. "A boa informação diminui o risco de o turista não vir", diz, lembrando que há desvios que garantem a trafegabilidade total pelo Estado. O presidente da Santur faz questão de lembrar que a estrutura da rede hoteleira - bem como os serviços básicos de água, luz e comunicação - estão funcionando normalmente no Estado.

Ocupação maior em 2009
Segundo o presidente da Federação de Hotéis, 2008 foi um ano ruim para o setor durante a temporada, por causa de três fatores: o Carnaval no início de fevereiro, que fez com que muitos turistas fossem embora mais cedo; a baixa do dólar, que estimula o turismo interno e de estrangeiros a buscar destinos fora do país; e o prejuízo trazido pela chuva na última semana de janeiro, que interditou rodovias pelo Estado.

"Se o tempo ajudar, este ano, tem tudo para ser bom", estima, destacando a alta do dólar, o Carnaval na última semana de fevereiro e a crise internacional, que, para ele, evita que os turistas busquem pacotes no exterior.

A confiança também está atrelada ao início da temporada. No último Natal, a ocupação cresceu em 3% em relação a 2007, quando 55% das vagas na rede hoteleira foram ocupadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos