Número de mortes nas estradas sobe 13,3% no Natal e Ano Novo, diz PRF

Do UOL Notícias
Em São Paulo

De 20 de dezembro a 4 de janeiro, a Polícia Rodoviária Federal registrou aumento de 13,3% no número de mortes nas estradas federais do país em relação ao mesmo período de 2007. De acordo com o balanço divulgado nesta segunda (5), os feriados de Natal e Ano Novo contabilizaram 7.140 acidentes, com 4.795 feridos e 435 mortos.

Em SP, menos acidentes

Seguindo a tendência de redução já registrada no Natal, balanço da Operação Ano Novo nas rodovias estaduais de São Paulo, divulgado hoje, apresentou redução no número de acidentes e vítimas em relação ao ano de 2007



Entre os motivos estão veículos lotados, chuva em várias regiões do Brasil e o descaso de motoristas em relação às leis de trânsito. A soma de desastres rodoviários superou em 7,8% a do ano anterior e a letalidade das ocorrências, que vinha apresentando queda ao longo de 2008, aumentou nas últimas semanas. Um acidente em cada 1,5 provocou feridos e, um em cada 16, causou morte imediata.

"Ao contrário do que se pensa, quando todos os veículos saem ao mesmo tempo, os riscos para quem viaja são menores. A velocidade média registrada na via é mais baixa e as chances de ultrapassagem são menos frequentes. Pista cheia provoca acidentes, mas geralmente de menor gravidade. O problema ocorre justamente quando a saída é pulverizada", afirma o inspetor Alvarez Simões, da Coordenação-Geral de Operações da Polícia Rodoviária Federal.

Veja a seguir os números divulgados pela PRF:

COMPARATIVO 2007/2008 2008/2009 Aumento %
Acidentes 6.621 7.140 7,84
Feridos 4.497 4.795 6,63
Mortos 384 435 13,28
Acidentes com mortos 289 316 9,34
  • *Fonte: Coordenação-Geral de Operações / Departamento de Polícia Rodoviária Federal

Perfil dos acidentes
Vítimas leves e graves também cresceram, 6,6%. A PRF destaca a quantidade de veículos lotados envolvidos em desastres graves, com ônibus e automóveis, muitas vezes com mais passageiros que o permitido.

Em Minas Gerais, 89 mortes

Mortes nas rodovias federais de MG aumentam 50% nas festas



No Rio Grande do Sul, pai, mãe e quatro filhos morreram na BR-386, quando o automóvel em que viajavam invadiu a pista contrária e bateu de frente em um caminhão.

Na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), um dos corredores viários mais movimentados do Brasil, um carro capotou no Natal, enquanto transportava dez pessoas. Os seis adultos e quatro crianças foram encaminhados ao município de Barra do Turvo (SP) para atendimento de emergência.

Confira as estatísticas por Estado:
RANKING/UF Acidentes Mortes
Minas Gerais 1.411 89
Santa Catarina 907 33
Rio de Janeiro 640 31
São Paulo 567 29
Paraná 544 28
  • *Fonte: Coordenação-Geral de Operações / Departamento de Polícia Rodoviária Federal

Em Minas Gerais, também na BR-116, um ônibus da viação Itapemirim saiu da pista, deslizou uma ribanceira com mais de 70 metros e caiu no rio Angu, matando 11 passageiros e o motorista. No Maranhão, um ônibus da empresa Satélite Norte teve a viagem interrompida quando caiu em um barranco e capotou, provocando a morte instantânea de dez pessoas.

Estradas alagadas
As chuvas que castigaram as regiões Sul e Sudeste também foram decisivas para o balanço negativo registrado nas rodovias federais. Postos da PRF relataram precipitações intensas por todo país, que causaram pistas interditadas, desvios e inundações. No entanto, quase 100 mil veículos foram flagrados pelos radares em excesso de velocidade. Deste total, 80% das imagens foram capturadas nas regiões Sul e Sudeste.

Nas 320 mil abordagens realizadas no país, a Polícia Rodoviária Federal emitiu 71 mil autos de infração (um aumento de 8,9%), ou seja, um em cada cinco veículos fiscalizados trafegava com alguma irregularidade. Além disso, 1.043 motoristas embriagados foram retirados do trânsito pelos etilômetros, 650 presos em flagrante.

"A chuva traz prejuízos ao atendimento, pois a prioridade dos socorristas é a segurança de suas equipes e dos pacientes", afirmou o chefe da Divisão de Saúde da PRF, inspetor Dr. Getúlio Câmara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos