BR-101, em SC, deve ser liberada nesta quarta-feira para veículos leves

Luiz Nunes
Especial para o UOL Notícias
Em Florianópolis (SC)

O tráfego de veículos leves pelo trecho sul da BR-101 deve ser liberado somente nesta quarta-feira (7) pela manhã, em Santa Catarina. A pista, no quilômetro 409 da rodovia, entre Araranguá e Maracajá, registra alagamento desde domingo (4). Nesta terça-feira (6), caminhões e ônibus começaram a circular pelo local.

  • Reprodução

    Trecho alagado e interditado da BR-101 está na região do km 409, entre as cidades de Araraguá
    e Maracajá, no sul do Estado, segundo a PRF

A circulação de veículos pesados é alternada em 30 minutos para cada sentido pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). A lâmina d'água estava em 40 centímetros de altura na tarde desta terça-feira (6) e deve diminuir gradualmente ao longo da noite e madrugada.

Assim que a água baixar, técnicos do DNIT (Departamento Estadual de Infra-estrutura e Transportes) devem avaliar as condições de tráfego. "Em princípio, a pista submersa não apresenta avarias", relata o inspetor da PRF Vilson Bossei. Ele esteve no local e conta que ficou espantado com a correnteza da enchente sobre a rodovia.

Para carros e motos, enquanto a água estiver na pista, a alternativa é seguir pelas SCs-446 e 448. Nas estradas estaduais do sul de Santa Catarina, há interdição nos quilômetros 30 e 32 da SC-449, entre Araranguá e Meleiro, e no quilômetro 32 da SC-450, em São João do Sul.

Nesta terça-feira, aumentou para 13 o número de municípios em estado de emergência. Cerca de 650 pessoas estão desabrigadas e quase 2.000 desalojadas, segundo a Defesa Civil estadual.

Em Araranguá, a previsão é de que a água leve mais dois dias para baixar na área do rio Araranguá, onde 400 pessoas tiveram que sair de suas casas. O município tem cerca de 1.200 pessoas desabrigadas ou desalojadas.

No município, ainda há comunidades ilhadas. "Com a baixa das águas, a tendência é que aos poucos essas pessoas saiam do isolamento", explica o gerente da Defesa Civil estadual, major Emerson Emerim.

Nesta terça-feira, o nível do rio Araranguá diminuiu 20 centímetros, em média, a cada hora. No auge da inundação, o índice ficou quase 5 metros acima do normal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos