Chuvas prejudicam indústrias do norte e noroeste do Rio, revela pesquisa

Da Agência JB
No Rio de Janeiro (RJ)

As fortes chuvas que atingiram as regiões norte e noroeste do Estado do Rio de Janeiro afetaram negativamente as atividades da indústria. A Firjan realizou pesquisa para avaliar os impactos com 119 empresas dos municípios de Campos, Itaperuna, Aperibé, Miracema e Santo Antônio de Pádua e descobriu que 86,6% delas tiveram prejuízos.

Os tipos de perdas mais citados foram em volume de vendas (88,4%), escoamento da produção (73,8%), capacidade de produção (71,8%), capital de giro (70,9%), estoque de matéria-prima (42,7%) e estoque de produtos acabados (31,0%).

Apenas 38% dos entrevistados já conseguiram estimar suas perdas financeiras, chegando a um total de R$ 25 milhões. As entrevistas foram realizadas em 9 de janeiro, com micro (37%), pequenas (50,4%), médias (10,1%) e grandes (2,5%) empresas, de diversos setores da indústria de transformação e construção civil.

De acordo com os resultados da pesquisa, haverá dificuldade para reerguer a atividade econômica na região. A capacidade de produção foi afetada em mais de 70% das empresas. Entre essas, 62,3% registraram perda de mais de 50%. Foram 11,8% as indústrias que declararam perda total das linhas de produção.

Uma das grandes preocupações dos industriais do Norte/Noroeste é com o escoamento da produção. Mais de 73% deles sinalizaram o problema, já que as estradas da região foram muito afetadas. Quando perguntados obre as sugestões de medidas para recuperar a economia, 50,4% pediram investimento governamental na recuperação da infraestrutura.

Outras sugestões foram expansão de linhas de financiamento e do prazo de pagamento de tributos. A Firjan pediu ao Estado a abertura de uma linha de financiamento emergencial, com recursos da agência de fomento InvesteRio, para possibilitar a reabertura das empresas afetadas. A pesquisa detectou que mais de 70% delas sofreram impactos no capital de giro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos