Metalúrgicos de São Paulo fazem ato em defesa do emprego e contra crise

Da Agência Brasil
Em São Paulo

ATO CONTRA DEMISSÕES E REDUÇÃO DE SALÁRIOS

  • Ricardo Trida/AE

    Metalúrgicos da região do ABC Paulista fazem ato em defesa do emprego e pela superação da crise econômica, sem demissões nem corte de salário, ao lado da Mercedes-Benz, no bairro Paulicéia, em São Bernardo do Campo


Os metalúrgicos da região do ABC, em São Paulo, fazem hoje (20) manifestação em defesa do emprego e pela superação da crise econômica, sem demissões nem corte de salário. O ato será realizado ao lado da Mercedes-Benz, na avenida 31 de Março, bairro Paulicéia, em São Bernardo do Campo, com a presença do prefeito Luiz Marinho e do presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Arthur Henrique, e de outros dirigentes sindicais da região.

Haverá também manifestações no pátio da Volkswagen e na portaria da Scania. Nas três manifestações, a direção do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC vai apresentar à categoria uma agenda de combate ao desemprego e à crise, além de denunciar que a proposta de reduzir jornada de trabalho com corte de salário é ineficaz, perversa, recessiva e desagregadora, porque aprofundará ainda mais a crise.

A agenda pró-emprego apresentada hoje será levada pelo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Sérgio Nobre, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, amanhã (21), às 10h, durante audiência no Palácio do Planalto. O documento propõe que sejam estabelecidas metas de produção e de emprego para 2009, precedidas de debates setoriais entres trabalhadores, empresários e governos sobre as medidas necessárias para atingir essas metas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos