Chuva diminui no Rio e 30 pessoas ilhadas são resgatadas

Paulo Virgiliio
Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro

Nenhuma ocorrência grave foi registrada nas últimas horas no estado do Rio de Janeiro, segundo informação da Defesa Civil Estadual. O Sol reapareceu por algumas horas no início da tarde de hoje (24) na capital e em grande parte do interior fluminense, mas segundo a meteorologia, ainda há possibilidade de chuva neste fim de semana.

Sobe para 102 total de cidades de MG em emergência

Segundo a Defesa Civil, na madrugada de ontem, o córrego do Pau Pintado transbordou e provocou a destruição de seis pontes. Cerca de 100 casas foram danificadas, deixando 70 pessoas desabrigadas.

O número de pessoas afetadas pelas enchentes soma 3.000 desalojados e 450 desabrigados em todo o estado. Nos municípios de Tanguá e Itaboraí, na região metropolitana, e Rio Bonito e Silva Jardim, na região das Baixadas Litorâneas, os mais atingidos pelas últimas chuvas, o nível das águas dos rios começou a baixar, mas as equipes de socorro permanecem em estado de alerta.

Em Silva Jardim, cerca de 30 pessoas que estavam ilhadas desde ontem (23) junto a uma represa na área rural do município foram resgatadas hoje por um helicóptero do Corpo de Bombeiros.

Em Rio Bonito, houve deslizamentos de terra ontem. A situação é mais grave em Tanguá, onde 2.500 pessoas foram afetadas pelas inundações e cerca de 600 estão desalojadas. O município já recebeu do governo do estado cestas básicas, colchões, cobertores e água potável

A secretária estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva, visitou ontem as áreas inundadas para avaliar as necessidades emergenciais da população e a ajuda que o estado deverá oferecer aos municípios.

Os deslizamentos de terra causados pelas chuvas também afetaram a rodovia RJ-116, que liga Itaboraí à Nova Friburgo, na região serrana fluminense. No início da tarde de hoje, o tráfego na estrada chegou a ficar interrompido por meia hora, na altura do quilômetro 75, no distrito de Mury, em Nova Friburgo, devido à queda de uma barreira.

A concessionária Rota 116 informou ainda que os operários prosseguem no trabalho de recuperação da encosta em outro ponto da rodovia, no quilômetro 55, onde houve um deslizamento na quinta-feira (22). O tráfego no local está sendo feito pelo sistema de pare e siga, com operadores alternando a liberação e a retenção dos veículos em cada direção.

Na capital fluminense, a Defesa Civil municipal registrou 173 ocorrências entre as 7 horas de ontem e a manhã de hoje, mas nenhuma considerada grave. O órgão continua em alerta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos