Polícia crê que advogado petista foi morto por vingança na Paraíba

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Polícia Civil acredita que o advogado Manoel Mattos, morto a tiros na noite de sábado (24) em uma casa de praia em Pitimbu (PB), tenha sido assassinado por vingança. Mattos era vice-presidente do PT pernambucano e membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Pernambuco.

Advogado foi morto a tiros

  • Guga Matos/AE

    Polícia acredita em crime cometido por vingança e divulga foto de acusados pelo crime



De acordo com informações da OAB, a polícia afirma que o sargento da Polícia Militar da Paraíba Inácio Flávio Pereira teria contratado dois matadores de aluguel para a execução, porque Manoel Mattos teria denunciado o policial à CPI da Pistolagem, que apurou crimes de extermínio na Zona da Mata. Após ter sido denunciado por Mattos, o militar passou cerca de cinco anos preso e depois foi posto em liberdade.

Segundo a polícia, testemunhas da cidade de Itambé, onde o advogado morava, afirmaram que o PM ameaçava a vítima. "A polícia chegou até o militar após identificar o dono da arma. Cláudio Roberto Borges, que também está preso, confessou que emprestou a arma ao suspeito de ser mandante do crime", afirmou a delegada Ane Karoline Carneiro, que auxilia o delegado paraibano Walter Brandão, que preside o inquérito.

Além das polícias civis de Pernambuco e da Paraíba, dois delegados da Polícia Federal dão suporte às investigações. A OAB pediu a federalização do caso, ou seja, que as investigações do crime fiquem a cargo de um delegado federal e seja julgado pela Justiça Federal.

O pedido já foi entregue ao ministro da Justiça, Tarso Genro, durante encontro realizado nesta quarta (28) em Brasília. Ferro solicitou ainda que a família do advogado pernambucano seja incluída no programa de proteção a testemunhas do governo federal. "Pedi que a família dele e outras testemunhas recebessem proteção especial", declarou o parlamentar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos