Tarifa do Metrô em São Paulo vai para R$ 2,55 em fevereiro

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (30) reajuste de 6,3% na tarifa do metrô da capital paulista, que passará de R$ 2,40 para R$ 2,55. O aumento acontecerá a partir de 9 de fevereiro.

O que você achou das mudanças no metrô de SP?



O bilhete que permite uso integrado entre ônibus e os trens do Metrô e da CPTM, que custava R$ 3,65 desde fevereiro de 2008, passa para R$ 3,75, reajuste de 2,7%. Segundo a secretaria, a variação está abaixo da inflação medida pelo IPC Fipe, de 6,6%.

Metrô de SP também anunciou cartões fidelidade

  • Fernando Donasci/Folha Imagem

    Nesta semana, um dos trens do Metrô de SP apresentou problema na tração e causou atrasos



Novidades
O metrô anunciou a implantação de um cartão mensal com benefícios proporcionais ao volume adquirido. Para 50 viagens, o preço é de R$ 112,50, ou R$ 2,25 a viagem, com uma redução de R$ 0,30 ou 11,8% em relação ao preço do bilhete unitário.

O usuário também pode escolher oito viagens por R$ 19,60, cartão criado para beneficiar os usuários que não podem adquirir 20 ou 50 viagens de uma só vez. Cada viagem sai por R$ 2,45 - R$ 0,10 ou 3,9% menos do que o bilhete unitário.

Já o Fidelidade 20, que já existia desde março de 2007 e nunca havia sofrido reajuste, passa a custar R$ 47. O preço de cada viagem é de R$ 2,35. No momento de carregar, o usuário escolhe se coloca créditos equivalentes a 8, 20 ou 50 viagens. A carga máxima para estes cartões é de R$ 200.

Como parte de uma nova política tarifária, o Metrô lança a tarifa do madrugador, com uma redução de tarifa para o usuário que acorda cedo e utiliza o bilhete único. A tarifa passa a vigorar a partir do dia 9 de março, e custará R$ 0,20 a menos para quem utiliza o Metrô, entre 4h40 e 6h, e a CPTM, das 4h às 5h20. Na integração com o ônibus, a tarifa do madrugador terá um custo final de R$ 3,60.

Para ter o benefício, bastará utilizar o bilhete único comum. A catraca da estação identificará o horário e cobrará o valor reduzido. O benefício não valerá para os usuários do Vale Transporte e dos Cartões Fidelidade.

A partir do dia 9 de fevereiro também serão extintos os bilhetes integrados metrô-ônibus simples e ida e volta. O motivo da extinção do modelo, segundo o Metrô, é de que o bilhete único oferece tarifa menor, além de ser mais seguro e evitar fraudes. Para quem já adquiriu estes bilhetes de papel vendidos nas bilheterias das estações, a validade será até o dia 8 de maio de 2009.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos