Vice-governador do Rio quer trocar "gatos" por carnê mensal em favelas

Vladimir Platonow
Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro

O vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, propôs hoje (2) a troca de ligações clandestinas de água, luz e televisão a cabo, os chamados "gatos", por carnês com tarifa mensal reduzida para os moradores das favelas da capital. Com essa proposta, Pezão disse que pretende acabar ou, pelo menos, reduzir a prática disseminada em comunidades pobres de se fazer "gatos" ao invés de pagar pelos serviços.

"Eu acho que nós temos que ter uma tarifa única de água, de esgoto, de Net [operadora de televisão por assinatura] e de luz. É só fazer a conta de quanto a gente recebe. Tem que ter uma tarifa que se receba. Hoje, a gente tem o exemplo de uma comunidade onde, de 80 mil casas, só cinco pagam água. Será que não é melhor você receber menos, negociando um valor? Fazendo a cobrança até por carnê", sugeriu Pezão.

O vice-governador defendeu a idéia durante entrevista coletiva de apresentação da visita que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará à cidade amanhã (3). Ele vai acompanhar Lula na inauguração de duas escolas, nas comunidades de Manguinhos, pela manhã, e Morro Dona Marta, na parte da tarde. As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Em Manguinhos, será inaugurada a escola estadual Luiz Carlos da Vila, para 1.500 alunos de nível médio. No Morro Dona Marta, será uma escola profissionalizante com nove cursos, incluindo bombeiro hidráulico, eletricista, manicure e cabeleireiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos