Trabalhadores do PAC em Manguinhos (RJ) voltam ao trabalho

Da Agência JB

Os cerca de 600 trabalhadores das obras do PAC (Programa de Aceleração de Crescimento) de Manguinhos, zona norte do Rio de Janeiro, voltaram ao trabalho no início da tarde desta quarta-feira (4), mas pode haver nova paralisação. Os operários reivindicam o pagamento de horas extras e melhores condições de trabalho.

A paralisação durou toda a manhã e houve bate-boca entre os operários, líderes comunitários e representantes da empresa Andrade & Gutierrez, responsável pela obra.

No início da tarde foi realizada uma reunião na qual os representantes da empresa pediram que os trabalhadores voltassem ao trabalho com a promessa de que, na segunda-feira, será feita uma nova reunião para fecharem um acordo. Os operários não descartam nova paralisação, caso as reinvindicações não sejam aceitas.

Segundo os trabalhadores, a empresa vem exigindo que o trabalho aconteça até as 23h sem pagamento de hora extra. Além disso, um grupo de operários passou a sair mais cedo do trabalho nos dias de semana, desde que "compensem" o trabalho nos fins de semana - segundo eles, um subterfúgio para continuar a não pagar hora extra.

Ainda segundo os funcionários, cerca de 30 operários se recusaram a aceitar o regime e foram demitidos. Eles reclamam ainda de precárias condições de higiene no banheiro e bebedouro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos