Delegada baiana é presa por fazer ligação clandestina de telefone para "trabalhar em casa, fora do expediente"

Heliana Frazão
Especial para o UOL Notícias
Em Salvador

A delegada Marta Carneiro da Silva Costa, que há dois meses assumiu a delegacia de Souto Soares (a 484 km de Salvador) está presa na Corregedoria da Polícia Civil, em Salvador, sob a acusação de ter feito um "gato" (ligação clandestina) da linha telefônica instalada na delegacia. Além da extensão clandestina, Marta Costa também tinha em sua residência um aparelho de televisão que deveria ser de uso exclusivo da unidade policial.

Localização de Souto Soares

  • Mapas UOL
Denunciada por moradores da cidade, a delegada foi autuada em flagrante e vai responder a processo por peculato (quando um funcionário público utiliza o cargo que ocupa para ter benefícios próprios) e improbidade administrativa. Segundo funcionários da corregedoria, após o processo, delegada deverá perder as suas funções.

Em depoimento à Corregedoria, Marta Costa confirmou que fez o "gato", mas acrescentou que tomou a decisão para "trabalhar em casa, fora do expediente".

"O homem que fez a extensão disse, em depoimento, que fez o serviço a pedido da delegada Marta", afirmou o corregedor-chefe, delegado Jorge Monteiro. A pena prevista para crimes de peculato é de dois a 12 anos de prisão.

Para fazer o "gato", a delegada aproveitou a proximidade entre a unidade policial e sua casa -apenas um muro separa os dois imóveis. A ligação clandestina foi descoberta depois que um morador tentou entrar em contato com a delegacia e não conseguiu falar -a linha estava ocupada. Em seu depoimento, o morador, que não foi identificado para preservar as investigações, contou que, quando telefonou pela segunda vez, não havia mais ninguém na delegacia, mas a linha continuava ocupada.

"A partir daí, o assunto correu na cidade e o Ministério Público passou a investigar o suposto delito", disse o corregedor-chefe Jorge Monteiro. Delegada desde 2004, Marta Costa foi presa na última quinta-feira à noite, mas a PM da Bahia divulgou a sua detenção no final da noite desta sexta-feira (6). Localizado na chapada Diamantina, uma das principais regiões turísticas da Bahia, Souto Soares tem cerca de 15 mil habitantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos