Comissão investiga cápsulas supostamente radioativas encontradas em SC

Luiz Nunes
Especial para o UOL Notícias
Em Florianópolis (SC)

Especialistas em radioatividade da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) analisam ao longo da tarde de hoje duas cápsulas encontradas terça-feira (10) à noite, em um hospital no município de Bocaina do Sul, na serra de Santa Catarina. O material estava em uma caixa com os dizeres "Césio 500". A Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) também foi acionada.

A análise de representantes da Defesa Civil e da UFSC deve definir se há ou não radioatividade no material encontrado. As cápsulas estavam em uma caixa guardada em uma sala do Hospital São José. Ainda não se sabe por quanto tempo ficaram armazenadas.

O local em que foram achadas era utilizado como espaço para triagem de corpos de pacientes que morrem na unidade, antes de ser entregues às famílias. A área está isolada.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, major Marcio Luiz Alves, mesmo se o material for radioativo, não há risco de contaminação. "As cápsulas estão intactas, em caixas de madeira. Mas se alguém mexesse, poderia haver uma tragédia", diz.

Se o material for radioativo e estivesse mexido, as dimensões do desastre seriam semelhantes ao episódio ocorrido em 1987, em Goiás, quando 129 pessoas foram contaminadas - dessas, quatro morreram.

Para o físico Frederico Firmo de Souza Cruz, pós-doutor em Física Nuclear e pesquisador da UFSC, dificilmente o material é radioativo. Segundo ele, equipamentos de radioterapia existem apenas em grandes cidades e capitais, e não devem ser confundidos com máquinas de raio-x, que não operam com os mesmos elementos.

O pesquisador afirma ainda que não existe a nomenclatura "Césio 500" nos estudos em física. Há possibilidade de que os grafismos sejam relativos a uma marca, a algum erro de escrita ou a uma brincadeira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos