Metroviários protestam contra condições de trabalho e aumento da tarifa em SP

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 19h08

Os metroviários promoveram na tarde desta quarta-feira (11), na estação República do metrô, na região central de São Paulo, uma manifestação reivindicando melhorias no trabalho e protestando contra o aumento da tarifa.

Calor "infernal" no metrô

  • Rogério Cassimiro/UOL

    Atriz fantasiada de "diabinha" faz performance na estação República do metrô de São Paulo, onde metroviários alegam estar expostos a calor "infernal"


O ato, que contou com uma representação teatral, distribuiu uma carta aos usuários em que denuncia, segundo o presidente do sindicato, Wagner Gomes, três situações.

"A primeira delas são as condições de trabalho nas bilheterias blindadas [instaladas em diversas estações], onde a temperatura pode chegar a 40ºC e já teve funcionário até desmaiando. A segunda, que eles já melhoraram, são o barulho e a fumaça devido às obras do entroncamento da Linha 4 aqui na República; e a terceira é o aumento da tarifa do metrô", lista Gomes. Desde a última segunda-feira, o bilhete passou de R$ 2,40 para R$ 2,55.

O presidente do sindicato afirma que, com o desemprego, "o governo do Estado poderia contribuir dando subsídio para a tarifa". "O aumento dificulta ainda mais a vida do trabalhador", ressalta. Em relação às condições de trabalho nas estações, o sindicato afirma que o Metrô deve "preservar a saúde dos seus funcionários".

O ato, que aconteceu por volta das 16h, contou com a atuação de dois atores fantasiados de "diabinhos", que questionavam o calor "infernal" das cabines de vendas de bilhetes, desprovidas de aparelhos de refrigeração de ar. Segundo Gomes, cerca de cem pessoas assistiram à apresentação teatral.

Outro lado
Por meio de nota, o Metrô afirma que "blindou todas as bilheterias das estações das Linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha. Tais unidades já possuíam um sistema de ventilação, que foi mantido com a blindagem. A Companhia instalou, no início desta semana, novos ventiladores portáteis nas bilheterias. No segundo semestre deste ano, deverá ser implantado um sistema de ar-condicionado".

Sobre as obras da Linha 4, a empresa afirma que "zela pela saúde e bem-estar de seus empregados. Para tanto, desde o início das obras de integração entre a Estação República e a Linha 4-Amarela vem intensificando o serviço de limpeza no local, reduzindo a incidência de poeira decorrente das obras. A conclusão da integração deve acontecer em janeiro de 2010".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos