Polícia de Salvador usará pistolas elétricas não-letais no Carnaval

Heliana Frazão
Especial para o UOL Notícias
Em Salvador

Pela primeira vez desde que chegaram ao Brasil, ano passado, as polêmicas pistolas elétricas não-letais taser M-26, produzidas nos Estados Unidos, serão testadas num evento de grande porte: o Carnaval de Salvador, que reúne cerca de dois milhões de pessoas por dia, nos três circuitos da folia.

Celas "portáteis"

  • Arestides Baptista/AE

    As celas estarão em 17 postos fixos de policiamento para o atendimento público em Salvador


O secretário Nacional de Segurança Pública, Ricardo Brisolla Balestreri, entregou, nesta quinta-feira (12), 200 dessas pistolas ao governo da Bahia para serem utilizadas pela polícia baiana. Ao todo, o governo federal comprou 2.000 tasers para distribuir aos Estados.

A entrega na Bahia ocorreu durante a apresentação do plano de ações de segurança para o Carnaval. Defensor da utilização da taser, Balestreri afirma que a polêmica gerada em torno dos efeitos provocados pelo choque emitido pela arma paralisante é infundada. "A taser é muito eficiente. É usada largamente em todo o mundo, porque diminui muito a possibilidade de letalidade. Depois, elas não devem ser utilizadas em ocorrências corriqueiras, apenas naqueles casos que representem maior risco tanto para o envolvido, quanto para a população."

O governo da Bahia espera tentar conter a criminalidade no período da festa neste ano. Os crescentes índices de violência na capital têm feito aumentar também o sentimento de insegurança na população baiana, que pressiona o governo a investir mais em segurança pública.

Números apresentados pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia revelam aumento da violência em Salvador e região metropolitana em 2008. Conforme os dados oficiais, os registros de homicídios na capital baiana cresceram 38% em relação ao ano de 2007. Foram 1.720 casos em Salvador, contra 1.341 registros no ano anterior. Em 2006 os registros apontam 1.223 mortes violentas na capital.

Tomando como referência a região metropolitana, o número de homicídios alcançou 2.189 ano passado, 31,5% a mais que em 2007.

Neste verão dois casos de violência ganharam repercussão nacional: o assassinato do empresário e velejador internacional Abel Habrosky de Aguilar, durante um assalto, no domingo (8/2) na Ilha de Itaparica, na Baía de Todos os Santos, e o espancamento, por ladrões, de um casal de franceses, no final de dezembro, na mesma ilha.

Os casos motivaram mudança no comando da delegacia local, medida que, isoladamente, não se mostra suficiente para o controle do quadro violência contra moradores e turistas, do lugar. A única viatura está sucateada e no 2º Pelotão da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), os policiais também não dispõem de carros para atuar. Quando há ocorrências, informam agentes, os policiais vão à pé.

Outras medidas
O plano de segurança para o Carnaval, além das pistolas não-letais, conta com novas celas "portáteis", instaladas nos 17 postos fixos de policiamento para o atendimento público em Salvador.

Segundo o delegado Chefe da Polícia Civil, Joselito Bispo, a diferença das celas utilizadas em anos anteriores é que as atuais foram produzidas com material mais resistente e já chegaram prontas ao local em que serão utilizadas. As anteriores eram montadas no local. Cada cela tem capacidade para receber quatro presos que, de acordo com o delegado-chefe, somente permanecerão ali enquanto é feita a ocorrência. Em seguida, o detido é encaminhado para a delegacia mais próxima.

Outra inovação será a aplicação de um sistema de telecomunicação mais moderno. Os policiais utilizarão 1.250 rádios portáteis com GPS, o que facilitará o direcionamento das ações policiais. Entre policais civis e militares, pouco mais de 22 mil homens atuarão diretamente nos circuitos da festa. De acordo com o comando-geral da PM, o efetivo aumentou 10% em relação ao ano passado.

O funcionamento da Delegacia Digital também permitirá o registro de ocorrências de furtos e perda de documentos, entre outros, pela Internet. Também serão instaladas 87 câmeras - sendo 55 fixas e 32 portáteis -, 25 a mais que em 2008.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos