Polícia prende 36 envolvidos em esquema de roubo de veículos de carga em 6 Estados

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu nesta sexta-feira (13) 36 pessoas envolvidas em um esquema de roubo de veículos de carga que movimentava mais de R$ 2,5 milhões por mês. Entre os presos estão empresários, despachantes e motoristas profissionais. A ação contou com 300 agentes da polícia que atuaram em Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rondônia. Segundo a polícia, esta era uma das maiores quadrilhas do gênero e atuava há dez anos no país.

PR: em 48 horas, polícia apreende 748 kg de maconha

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 748 kg de maconha em 48 horas na região oeste do Paraná. Foram cinco ocorrências diferentes, segundo nota da PRF, sendo que as duas maiores - 283 kg e 380 kg - aconteceram em Céu Azul, cidade localizada a 100 km da fronteira entre Brasil e Paraguai


Segundo a PRF, a fraude estava baseada em um esquema de adulteração, que funcionava a partir de Uberaba e Uberlândia, em Minas, e de Itumbiara, Goiás. Os veículos de carga eram roubados, em seguida os chassis eram adulterados e o grupo criava uma nova identidade através do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) - com a ajuda de despachantes. Era então feito um seguro para o veículo e o grupo simulava um novo roubo para fraudar a seguradora. De acordo com a polícia, um mesmo veículo chegou a ser utilizado no esquema três vezes.

Após o dinheiro do seguro, o veículo era vendido no mercado paralelo - por até metade do valor -, era desmanchado e suas peças vendidas ou enviadas à Bolívia. De acordo com as investigações, que duraram sete meses, os suspeitos movimentavam dez veículos por semana. Pelo menos oito carretas seguiam para a Bolívia mensalmente.

Além das prisões, a PRF apreendeu computadores, mais de 5 mil certificados de registro de veículos em branco, material para adulteração de chassis, placas de veículos, armas, cartões de crédito em branco e veículos.

"Mesmo com os indícios [de adulteração], ao consultar a base de dados do Renavam, o policial recebia a informação, verdadeira, de que o código consultado estava regular. Desconfiados, nossos agentes consultaram as montadoras dos veículos e a fraude veio à tona", afirma, em nota, o inspetor Giovanni Di Mambro, chefe da Divisão de Combate ao Crime da PRF.

Em 2008, a PRF registrou 342 assaltos a veículos de carga em todo o Brasil. Mais de 60% deles aconteceram em Minas Gerais (176) e Goiás (49).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos