Confederação de agricultura pede intervenção no Pará

Danilo Macedo
Da Agência Brasil

A presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu (DEM-TO), e o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), Carlos Xavier, protocolaram hoje (10), no Tribunal de Justiça do Pará, em Belém, um pedido de intervenção federal no Estado.

O objetivo da ação é fazer com que o governo estadual cumpra 111 pedidos de reintegração de posse já determinados pela Justiça paraense. As propriedades foram invadidas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Segundo o presidente da Faepa, o Pará tem mais de mil propriedades invadidas e 350 pedidos de reintegração de posse.

"É um número absurdo que nos preocupa em função do seu impacto econômico no Estado, que precisa de investimentos e investidores. Também é um pedido de ordem legal, porque é uma preocupação com a democracia e com o Estado de Direito", afirmou Xavier.

Segundo ele, o pedido de intervenção federal é uma forma de apoiar o governo estadual na retirada dos militantes das fazendas.

O Tribunal de Justiça do Pará tem até a próxima semana para decidir se encaminhamento o pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos