Apagão atinge 60% da área do Distrito Federal; energia é restabelecida gradualmente

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Atualizado às 21h35

Um apagão atingiu 60% da área do Distrito Federal por volta das 17h45 desta quarta-feira (11). Segundo a Companhia Energética de Brasília (CEB), a falta de luz foi causada por um problema no suprimento de Furnas.
  • Lula Marques/Folha Imagem

    Seguranças da Câmara dos Deputados usam lanternas para iluminar o Salão Verde da Casa


De acordo com a CEB, o apagão durou 15 minutos e às 18h já havia suprimento para restabelecer toda a energia. O serviço está sendo retomado aos poucos para evitar sobrecarga. A assessoria de Furnas não foi encontrada para confirmar se o sistema já foi normalizado.

Informações extra-oficiais apontam como causa do problema um raio que teria atingido uma torre na cidade satélite de Samambaia. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que o apagão foi provocado por problemas na subestação Brasília Sul, de Furnas. As causas do incidente, porém, ainda não foram identificadas e serão investigadas.

As regiões afetadas foram a Asa Norte, o Lago Norte, parte do sudoeste e região do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), além da Esplanada dos Ministérios, onde estão as sedes dos Três Poderes. Também ficaram sem energia as cidades satélites de Taguatinga, Ceilândia, Sobradinho e Planaltina.

Segundo informações da versão online do jornal "Correio Braziliense", o apagão causou a interrupção do metrô, além de provocar transtornos no trânsito.

No Congresso, tanto a Câmara como o Senado ficaram às escuras, exceto os plenários das Casas, que têm geradores de energia. Apesar da existência de geradores, a sessão na Câmara foi suspensa por alguns minutos, enquanto no Senado não houve interrupção.

Já a visita do príncipe de Gales, Charles, e de sua mulher, Camilla Parker, que começou hoje em Brasília, não foi prejudicada.

*Com informações da Agência Brasil, Agência Estado e Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos