Policiais apreendem 200 pássaros em feira livre na Baixada Fluminense

Cristiane Ribeiro
Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro

Policiais militares do Batalhão Florestal apreenderam hoje (15) mais de 200 pássaros, a maioria silvestre, e 15 filhotes de cachorros na feira livre de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Duas pessoas foram levadas para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e autuadas por tráfico de animais e maus tratos.

A operação, que contou com o apoio da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), foi deflagrada em menos de uma semana da Operação Oxóssi, realizada pela Polícia Federal em nove estados e que somente no Rio de Janeiro prendeu 72 pessoas acusadas de tráfico internacional de animais silvestres.

Os pássaros apreendidos foram levados para a Fundação Rio Zoo, e os cachorros devolvidos depois de os donos assinaram um termo de compromisso na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente.

O presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Alerj, deputado André do PV, que acompanhou os policiais na feira de Caxias, já foram recebidas neste ano mais de 400 denúncias de maus tratos de animais.

O deputado lembrou que, no mês passado, a comissão acompanhou uma operação de policiais do Batalhão Florestal na Praça São Francisco Xavier, na Tijuca, onde 300 animais silvestres foram apreendidos e levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres e três pessoas foram encaminhadas para a 17ª Delegacia de Polícia (São Cristóvão). Os preços dos papagaios, jabutis, iguanas, sabiás, periquitos e calopsitas variavam de R$ 50 a R$ 400.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos