Líder dos arrozeiros espera reviravolta no caso da Raposa/Serra do Sol

Claudia Andrade
Do UOL Notícias
Em Brasília

Em Brasília, Paulo César Quartiero, líder dos arrozeiros que moram na reserva indígena Raposa/Serra do Sol, em Roraima, espera uma reviravolta no julgamento que está sendo realizado nesta quarta-feira (18) pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

"Eu espero uma reviravolta e acho que os votos podem mudar. A questão não pode ser encerrada aqui da forma como está", afirmou. "O ministro Marco Aurélio levantou questões demonstrando com eficiência que o que levou ao voto dos outros ministros foi uma peça ilegal. Como o Supremo pode referendar algo que foi feito à margem da lei?", completou.

A sessão desta quarta foi retomada com o voto-vista do ministro Marco Aurélio Mello. Pela manhã, o ministro iniciou a leitura do seu voto, que aponta uma posição contrária à demarcação contínua do território de 1,7 milhão de hectares. Entre outros pontos, o ministro ressaltou que as partes interessadas não foram ouvidas.

O voto do ministro tem 120 páginas e deverá ser concluído nesta tarde. É o nono, depois de oito favoráveis à demarcação contínua. Até a proclamação oficial do resultado, contudo, as posições podem ser revistas. Esta é a expectativa do arrozeiro. "Acredito que vai voltar o bom senso e a questão vai ser rediscutida", disse Quartiero.





Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos