Líder ruralista prevê conflitos sociais em Roraima

Ana Luiza Zenker
Da Agência Brasil
Em Brasília

Conhecido como líder dos arrozeiros do estado de Roraima, o agora "ex-prefeito e ex-presidente [da Associação dos Produtores de Arroz de Roraima] e futuro sem-terra", Paulo César Quartiero afirmou, ao chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF) para a terceira parte do julgamento sobre a demarcação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, que a manutenção da reserva contínua não deve trazer mais disputas por terra, mas conflitos sociais.

"Pessoas estão à beira da falência econômica e não acreditam em mais nada. Então, não vai haver nada, o que vai ter no futuro é uma convulsão devido ao caos que está se gerando em Roraima", disse o líder ruralista, contrário à demarcação contínua da terra indígena e defensor dos grupos acusados de ter invadido a área.

Quartiero qualificou a atual política pública em Roraima como genocida. "Estamos discutindo a paralisação da produção de alimentos de uma população necessitada, além do fechamento de postos de serviço", acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos