Força Nacional está pronta para ir à Raposa Serra do Sol, diz Tarso

Paula Laboissière
Da Agência Brasil
Em Brasília

O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou hoje (26) que 220 homens da Força Nacional estão prontos para atuar na reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, caso os não-índios - em sua maioria produtores de arroz - não deixem o local de forma pacífica. Ele reforçou ainda que o governo poderá deslocar "quantos homens da Polícia Federal forem necessários" para a região. "Mas achamos que a desocupação vai ser tranquila."

Após participar de reunião com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, sobre violência nas estradas, Tarso disse que, até o momento, as pessoas estão deixando a reserva de maneira espontânea. Ele lembrou que a orientação dada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) é que o governo aguarde 30 dias para a retirada.

"Quando for necessário o uso da força, usaremos a partir de determinação do ministro-relator [Carlos Ayres Britto], e não por determinação administrativa do Ministério da Justiça ou da Polícia Federal. Por enquanto, está tudo normal."

Tarso garantiu ter conversado com lideranças da reserva e que o Tribunal Federal da 1ª Região vai manter o controle da situação no local. Ele reforçou que a decisão do STF deve ser cumprida e que está "absolutamente claro" que a área é propriedade da União e território nacional. "Portanto, a União tem uma dupla jurisdição e dupla competência."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos