Plenário da Câmara de Diadema é invadido e votação termina em tumulto

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Uma sessão da Câmara de Diadema, no ABC paulista, terminou em confusão nesta quinta-feira (2). Durante a votação em plenário de um projeto da prefeitura que trata da municipalização de cinco escolas estaduais, professores e sindicalistas invadiram o local.

Segundo o "Diário do Grande ABC", o tumulto só acabou quando a Guarda Civil Municipal jogou gás de pimenta nos manifestantes que, em seguida, foram retirados do plenário. Os professores, ligados a Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), são contrários ao projeto.

Mesas e microfones dos parlamentares foram destruídos. Não há informação de feridos. Mesmo assim, a sessão continuou e, ainda hoje, deve acontecer uma segunda discussão. Na primeira parte da votação, foram nove votos a favor - número mínimo para a aprovação da medida -, seis contrários e uma ausência.

* Com informações do "Diário do Grande ABC"

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos