Tom Cavalcante é processado por ex-candidato a prefeito de BH; comediante ironiza Quintão em vídeo publicado na web a três dias do 2º turno

Rayder Bragon
Especial para o UOL Notícias
Em Belo Horizonte

O deputado federal Leonardo Quintão (PMDB) entrou com ação contra o comediante Tom Cavalcante na 6ª Vara civil do Fórum Lafayette (1ª Instância), em Belo Horizonte, por uso indevido de imagem e dano moral.

Na eleição de 2008, quando Quintão polarizou a disputa do 2º turno com Marcio Lacerda (PSB), o humorista estrelou vídeo a três dias da eleição
  • Reprodução

    A propaganda eleitoral original...

  • Reprodução

    ...e a versão de Tom Cavalcante.

em que satirizava bordões utilizados por Quintão durante sua campanha. O vídeo foi veiculado no Youtube e acessado por milhares de internautas. Na época da eleição, a produção foi atribuída pela imprensa a um dos coordenadores da comunicação da campanha de Lacerda.

Agora, o candidato derrotado quer indenização e, em entrevista ao portal de notícias do jornal "O Tempo", acusou Cavalcante de ironizar a sua campanha e debochar do povo mineiro, além de apontar que Lacerda teria utilizado o material para prejudicar a sua imagem. Apesar de ter ingressado com o pedido de indenização há um mês, somente agora o fato foi divulgado.

Segundo o advogado Tarso Duarte, um dos representantes de Quintão, a ação já está com o juiz Wauner Batista Ferreira Machado, que cuidará do caso.

"O deputado é uma figura pública. Então, o uso da imagem dele teria de ser autorizado. O pior, além do uso indevido, é que houve a clara intenção de denegrir a imagem dele através do vídeo", disse.

Na ação, segundo Duarte, não foi fixado um valor financeiro, já que o juiz é quem deverá determinar o valor da indenização, em caso de condenação do comediante.

"O valor deverá levar em conta a repercussão do dano, a capacidade econômica do ofensor (Cavalcante) e do ofendido (Quintão). Colocamos na petição o fato de que o nosso cliente estava em disputa eleitoral. Isso potencializou com certeza o dano que a imagem dele foi alvo durante a disputa, que era o 2º turno de uma eleição na 3ª maior capital do país. além disso, pedimos que seja considerado o dano que foi causado pelo vídeo ao deputado no plano público, no familiar e no profissional, enfim em todas as esferas", explicou.

Ainda de acordo com o advogado, a ação é direcionada somente ao comediante, apesar de declarações do deputado dadas ao site do "O Tempo" contra o prefeito Marcio Lacerda.

Na entrevista, Quintão afirma que a campanha do socialista pagou R$ 500 mil ao humorista para estrelar o vídeo. Ele ainda disse que poderá processar pessoas ligadas à campanha do prefeito e também o próprio Marcio Lacerda, se conseguir reunir provas contra ele.

Vídeo
No vídeo com duração de 2min44s, intitulado "Genti Cuidando de Genti", em alusão ao "Gente cuida de Gente", um dos bordões de campanha do peemedebista, o humorista imita o político e ironiza algumas frases de efeito de Quintão.

Logo no início, o comediante faz o seguinte comentário: "Gente, presta atenção, dá para fazer tudo, eu vou ter um telefone do lado da minha cama, você pode ligar para mim a hora que você quiser. Se eu estiver tomando banho, o fio do telefone é tão grande que vai dar para eu atender você tomando banho no chuveiro", disse o humorista, para em seguida levantar o polegar, em sinal positivo, uma das marcas de Quintão na sua propaganda eleitoral na televisão.

Em seguida, ele satiriza promessas de campanha do peemedebista.

No final da apresentação, Cavalcante afirma não ter recebido cachê em troca do trabalho e que o fez porque tinha parentes vivendo em Belo Horizonte. Ele completa que a cidade não "estava precisando de um bom ator e, sim, de um bom prefeito".

A assessoria de Tom Cavalcante disse ao UOL Notícias que ele não foi citado pela Justiça e por isso ele não iria se pronunciar.

O assessor de imprensa de Marcio Lacerda disse que o prefeito não iria comentar o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos