Associação defende a volta do neon à Liberdade

Fabiana Uchinaka
Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal) não reclama mais das linhas gerais da Lei Cidade Limpa e resolveu encabeçar o projeto de revitalização da região. Mas não desistiu de tentar trazer para as ruas da Liberdade os letreiros em neon, típicos das capitais asiáticas, e as projeções holográficas, que representariam, para a associação, uma nova atração noturna para atrair mais visitantes.

"Além das luminárias públicas em estilo tradicional, queremos de volta o neon, que é característico dos bairros orientais em qualquer lugar do mundo, em qualquer Chinatown. Isso atrai o público, deixa o bairro mais bonito à noite, completa o projeto arquitetônico e garante uma identidade. Não é uma questão de propaganda. Todo mundo conhece o bairro por isso", diz Luís Sato, gerente da Acal.

 
O bairro de Ginza, em Tóquio, que inspira os comerciantes da Liberdade, e fachada de loja sem letreiros em neon

A prefeitura diz que não haverá exceções à Lei Cidade Limpa. "Não tem como a lei ser diferente para cada um", defende Regina Monteiro, presidente da CPPU (Comissão de Proteção à Paisagem Urbana) da Emurb (Empresa Municipal de Urbanização).

Ela ressalta, no entanto, que letreiros em neon e os luminosos são permitidos desde que sigam as orientações da legislação para publicidade externa ou seja colocados a um metro para dentro do estabelecimento.

"Não é proibido, mas não tem como ficar com a cara do Japão moderno", reconhece. "Acho até que por isso o projeto de revitalização dos comerciantes optou por uma caracterização de época, porque eles sabem não tem como ficar igual ao Japão de hoje."

Segundo Regina, os luminosos são polêmicos e estão sendo analisados pelo Departamento do Patrimônio Histórico de São Paulo. "Há quem chame o projeto de Disneylândia, assim como há quem defenda que é um bairro temático mesmo", explica.

Ela considera que as holografias são bem-vindas por serem interativas e envolverem a população e considera que uma boa saída para o neon são as fachadas com vidro, que destacam os letreiros maiores instalados na parte de dentro dos estabelecimentos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos