Bombeiros encerram buscas a desaparecidos em naufrágio no rio Amazonas

Especial para o UOL Notícias
Em Manaus

O Corpo de Bombeiros encerrou no final da tarde desta quinta-feira (9) as buscas subaquáticas aos desaparecidos vítimas do naufrágio do barco Dona Zilda, ocorrido no último domingo (5) no rio Amazonas. Das 47 pessoas a bordo, 41 foram resgatadas com vidas. Três corpos foram localizados. Três pessoas ainda estão desaparecidas. O naufrágio aconteceu próximo ao município de Itacoatiara (a 270 quilômetros de Manaus).

De acordo com o coordenador da operação de resgate, tenente Alecsandro Leal, os mergulhadores do Corpo de Bombeiros fizeram, nesta quinta-feira (9), uma busca dentro do barco, que agora está próximo à margem do rio Amazonas, mas não localizaram ninguém. "Nós fizemos uma varredura por toda a embarcação, mas não conseguimos encontrar as outras vítimas", disse Leal.

A esperança dos familiares era de que os corpos das três pessoas desaparecidas, todas mulheres, estivessem dentro do barco. Das três vítimas localizadas, apenas duas já foram identificadas: Arlete de Souza, 56, Luíza Rodrigues Afonso, 90.

O coordenador do resgate explica que uma equipe do Corpo de Bombeiros composta por 10 militares ficará na área do acidente fazendo buscas a bordo de barcos e em lanchas rápidas conhecidas como "voadeiras". "Não vamos mais mergulhar. Esses militares ficarão no local apenas para dar suporte ao trabalho de içamento do barco e para fazer uma outra busca de barco", disse Leal.

O tenente diz que existem várias possibilidades para que os corpos das outras três vítimas não tenham sido encontrados. As mais prováveis são as de que os corpos foram levados pela correnteza para longe do local do acidente e a de que a ação predatória dos peixes tenha impedido que o acúmulo de gases dentro dos corpos fazendo com que eles não flutuassem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos