Órgão do governo nega erros no suporte técnico aos produtores de cacau

Aurélio Nunes
Especial para o UOL Notícias
Em Salvador*

O maior problema para a recuperação dos cacauais após a chegada da vassoura-de-bruxa é a descapitalização dos produtores, que impediu que eles aplicassem o pacote tecnológico recomendado pela Ceplac (Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira). A Ceplac é ligada ao Ministério da Agricultura.

Essa é a versão do coordenador-geral de apoio operacional da comissão, Manfred Muller, em nota oficial divulgada pela assessoria de imprensa do órgão. Muller diz que a remoção das vassouras secas foi importante para a redução do fungo causador da doença e a função da adubação é a recuperação dos nutrientes da planta infectada.

Em relação aos clones incompatíveis sexualmente, o coordenador da Ceplac disse que os produtores foram recomendados a seguir um modelo de linhas alternadas no plantio que resolveria o problema. No momento, a Ceplac recomenda 38 clones resistentes à vassoura-de-bruxa, dos quais 22 não sofrem problema de rejeição.

* Colaborou Gabriel Carvalho, de Salvador

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos