Cresce o número de homicídios no interior do Paraná

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O número de homicídios no interior e no litoral do Estado do Paraná cresceu a taxas muitos maiores que a registrada na região metropolitana de Curitiba entre 2007 e 2008. No período, os assassinatos subiram 48,46% na região de Londrina e 47% na região de Paranaguá. Na capital, a alta foi de 9,% e em São José dos Pinhais, de 17,6%. Os dados são da Secretaria de Estado da Segurança Pública e foram publicados nesta segunda-feira (20) pelo jornal "Gazeta do Povo".

Somente na região metropolitana de Londrina, o número de homicídios saltou de 163, em 2007, para 242 em 2008.

As autoridades policiais veem uma relação entre o tráfico de drogas e os assassinatos no interior. Segundo o jornal paranaense, a maior parte dos homicídios é motivada por brigas de quadrilhas, queima de arquivo e desavenças entre usuários e traficantes de drogas.

Consultado pela reportagem do jornal, o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança de Londrina e professor da UEL (Universidade Estadual de Londrina), Pedro Marcondes, também afirmou que as drogas seriam um dos principais motivos para o aumento de homicídios dolosos no município. Homicídio doloso é aquele praticado com a intenção de matar.

"Seja porque o uso de drogas desinibe as pessoas, ou porque há dívidas com o tráfico ou então porque há brigas por pontos de tráfico. As drogas são hoje um dos grandes fatores desencadeantes da criminalidade e da violência", disse Marcondes à "Gazeta do Povo".

Já o professor de Filosofia e Ética da Faculdade de Ciências e Letras de Campo Mourão (Fecilcam), Walmir Ruis Salinas, disse ao jornal que um dos principais fatores para o aumento dos crimes é a impunidade. "Quem comete um crime, faz por estar seguro", afirmou o professor. "Não percebo uma junção entre os três poderes para encontrar uma solução."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos