Ônibus do Circo Nacional da China é assaltado em Alagoas; prejuízo chega a R$ 200 mil

Carlos Madeiro
Especial para o UOL Notícias
Em Maceió

A turnê do Circo Nacional da China pelo Nordeste não vai guardar boas recordações da viagem até Maceió (AL). Na madrugada do feriado de Tiradentes (21), o ônibus que trazia os 42 integrantes do circo foi assaltado na rodovia BR-101, no município de São Miguel dos Campos, a 42 km da capital alagoana.

O ônibus fazia o transporte de todos os artistas do circo e integrantes da equipe de apoio, que vinham de Salvador. Eles têm apresentações marcadas em Maceió nesta semana, entre os dias 24 e 26. O ônibus foi abordado por uma caminhonete Mitsubishi L-200, de cor preta, por volta da 1h. Segundo os relatos dos artistas, os bandidos estavam armados com metralhadoras.

Depois de renderem o motorista, eles anunciaram o assalto. O ônibus com os integrantes foi levado até um canavial às margens da rodovia, onde todos os passageiros tiveram as bagagens reviradas. Quase uma hora depois, os assaltantes fugiram com os pertences de maior valor.

Segundo a produção do espetáculo, os bandidos levaram cerca de US$ 30 mil (R$ 70 mil), R$ 20 mil, além de 35 notebooks e 30 câmeras digitais. Ao todo, o prejuízo estimado chega a R$ 200 mil. Alguns dos integrantes prestaram queixa do assalto e foram para o hotel onde estão instalados, em Maceió.

Embaixador quer rapidez nas investigações
Por conta do episódio, o conselheiro da embaixada chinesa no Brasil, Shu Jiamping, esteve em Alagoas na tarde desta terça (21). Jiamping veio a pedido da direção do circo, e foi até a cidade de São Miguel dos Campos cobrar celeridade nas investigações. Eles conversaram com o delegado plantonista, Rosalvo Cardoso.

O delegado regional de São Miguel dos Campos, Josias Luiz de Lima, que confirmou a visita de Jiamping, informou que várias quadrilhas atuam na região, mas ainda não tem pistas dos assaltantes. "Estou iniciando as investigações hoje, já que neste feriadão funcionou apenas o plantão. Foram feitas algumas buscas, mas não conseguimos nada", afirmou o delegado, que tem trinta dias para concluir o inquérito.

Segundo o responsável pelas investigações, a indicação da polícia é que ônibus não trafeguem pela rodovia à noite, justamente para evitar os frequentes assaltos na região. "É muito comum assaltos na BR-101. Em São Miguel, já é o segundo este ano", disse.

Para Josias, existe a possibilidade de os bandidos terem informações privilegiadas sobre a passagem do ônibus pelo município. "Estamos trabalhando com todas as possibilidades, mas eles poderiam saber quem estava naquele ônibus", afirmou.

Apresentações confirmadas
Em nota oficial nesta quarta (22), a produção do espetáculo em Maceió confirmou as apresentações marcadas. "Foi um grande susto. Os bandidos causaram uma pressão psicológica. Houve muita tensão. O assalto provocou grande prejuízo aos integrantes do grupo, mas não houve agressões", afirmou a produtora Silvana Valença.

Ainda segundo Valença, nenhum dos figurinos ou equipamentos utilizados nas apresentações foi roubado, já que o material é sempre transportado em um caminhão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos