Chuvas deixam mais de 3.500 desalojados e desabrigados em Santa Catarina

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 14h47

As chuvas que caem sobre o litoral de Santa Catarina desde terça-feira (21) já deixam 3.333 desalojados e 206 desabrigados em sete municípios, segundo boletim divulgado nesta tarde pela Defesa Civil do Estado. Desalojados são pessoas que tiveram de deixar suas casas e se abrigaram em residências de parentes ou amigos. Os desabrigados são alojados em abrigos públicos. Em Florianópolis, também foi registrada uma morte.

No Acre

O município de Rio Branco deve receber hoje (24) ajuda humanitária da Secretaria Nacional de Defesa Civil para as vítimas das chuvas que atingem a cidade nas últimas semanas. Um total de 332 famílias está desalojado e outras 386 estão desabrigadas.



Os municípios de Governador Celso Ramos e Penha tiveram situação de emergência decretada. Em Governador Celso Ramos, o número de desalojados já chega a 2.000. Em Penha, há 200 desalojados e dez deabrigados. Bombinhas e Itapema tem juntas 900 desalojados e 69 desabrigados. Florianópolis contabiliza 204 desalojados e 107 desabrigados.

Foram registrados alagamentos, queda de barreiras e árvores, e deslizamentos nas encostas na capital e nos municípios de Biguaçu, Bombinhas, Palhoça, Porto Belo, Penha, Camboriú, Itajaí, Itapema e Governador Celso Ramos.

As regiões mais afetadas pelas chuvas são a Grande Florianópolis e o Vale do Itajaí. De acordo com informação da Defesa Civil, o volume acumulado de água que caiu sobre a região metropolitana da capital catarinense entre as 9h de terça-feira (21) e as 9h de quarta-feira (22) foi de 148,4 milímetros, superior à média mensal de 145,9 milímetros. Segundo o Epagri/Ciram (Centro de Informações de recursos ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina), o acúmulo em 24 horas foi recorde para o mês de abril.

As chuvas em Santa Catarina perderam a intensidade nesta sexta-feira (24). O Epagri/Ciram afirma que as chuvas que causaram danos no leste do Estado amenizaram a situação de estiagem no oeste e no meio-oeste. No entanto, o órgão prevê um novo período de tempo seco no interior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos